Olhar Agro & Negócios

Terça-feira, 21 de setembro de 2021

Notícias / Geral

PERFIL DOS CLIENTES

Consumo de eletrônicos cresce entre pessoas com mais de 60 anos e comerciantes sentem mudança

Da Redação - Marcos Salesse

27 Jul 2021 - 16:30

Foto: Reprodução

Consumo de eletrônicos cresce entre pessoas com mais de 60 anos e comerciantes sentem mudança
Atualmente 97% de pessoas com mais de 60 anos no Brasil estão navegando na rede mundial, percentual 29% maior que o registrado em 2018. Os dados são da pesquisa realizada pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), que apontou ainda um crescimento no consumo de produtos eletrônicos por parte deste grupo. A pesquisa contou ainda com apoio do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), em parceria com a Offer Wise Pesquisas.

Leia mais: 
Desenvolve MT retoma oferta de crédito para investimentos e capital de giro associado

Entre os idosos conectados, a principal motivação é se informar sobre economia, política, esportes e outros assuntos (64%). Também utilizam a web para manter o contato com outras pessoas (61%) e buscar informações sobre produtos e serviços (54%). O principal meio de acesso é o smartphone, citado por 84% dos idosos que usam a internet, um crescimento de 8 pontos percentuais em relação à 2018, enquanto 37% usam notebook e 36% computador desktop. 

O comércio cuiabano tem sentido o impacto deste crescimento no perfil dos clientes. De acordo com o gestor da América Phone, no Shopping 3 Américas, Christhian Feitosa, o público acima dos 60 anos só aumenta. "Estamos há 5 anos no 3 Américas e é perceptível como este público tem comprado mais. Grande parte busca a facilidade de comunicação com outras pessoas, como filhos por meio de videochamada, além de uma interação simples entre outros países”, afirma. 

Para a gerente administrativa e financeira da F Cell, também no Shopping 3 Américas, Karla Cristina de Melo Rosa Fregnani, a geração acima dos 60 anos está cada vez mais "rejuvenescida". "Eles estão buscando acompanhar as últimas tendências e lançamentos. Além disso, com a pandemia, a busca por smartphone por esse grupo de clientes cresceu muito. Com isolamento social, o celular virou para muitos o único meio de comunicação com os seus”, disse. 

Sobre o futuro, as lojas de tecnologia, inclusive, apostam em um cenário positivo. "A busca da chamada terceira idade por itens tecnológicos só tende a aumentar a cada ano. Eles não querem apenas um smartphone, tablete ou relógio, mas também querem itens tão modernos quanto para acompanhar os aparelhos, como fones diferenciados e caixas de som sem fio. São novos tempos e eles entendem e acompanham as mudanças. Claro, no ritmo deles", finalizou Christhian Magalhães Feitosa, da América Phone.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui
Sitevip Internet