Olhar Agro & Negócios

Quinta-feira, 11 de agosto de 2022

Notícias | Geral

período de páscoa

Desenvolve MT liberou mais de R$ 21 mi a empreendedores e vendas de ovos de chocolate aumentaram 4% em 2022

Foto: Reprodução

Francielly, confeiteira de Sorriso, foi uma das beneficiadas pelo fomento

Francielly, confeiteira de Sorriso, foi uma das beneficiadas pelo fomento

Dentre os microempresários de Mato Grosso que se beneficiaram com as linhas de crédito da Agência de Fomento - Desenvolve MT estão as confeitarias do estado. No ano passado, Mato Grosso liberou mais de R$ 21 milhões a este grupo. Neste ano, as vendas de Páscoa – de acordo com a Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL) – foi 4% maior que em 2021.

Leia também:
Mais de 180 mil famílias ainda podem ter acesso a desconto de até 65% na conta de luz; saiba como
 
Uma das beneficiadas foi Letícia Amorim, de 29 anos, proprietária da Le Amorim Doces Gourmet. Ela conseguiu construir uma cozinha própria e estruturada para o seu negócio, o que possibilitou a expansão das vendas. Neste período do ano, a confeiteira vende em média 300 ovos de páscoa. 

“Tudo que faço vende bem, mas a páscoa é a época em que a lucratividade é maior e as vendas aumentam cerca de 40%. Nesta época de alta procura, conto com minha mãe e uma ajudante”, conta Letícia.

Natural e residente de Feliz Natal (511 km de Cuiabá), ela produzia brigadeiros gourmet com sua irmã em 2015, para incrementar as vendas na floricultura que tinham em sociedade. Com o crescimento das vendas, viu uma oportunidade e começou seu próprio negócio, dedicado exclusivamente à confeitaria.

“A páscoa tem uma característica própria, devido a sua ligação aos ovos e outros produtos derivados do chocolate, nesta época, muitos pequenos negócios locais se alavancam com a fabricação própria”, explica Fábio Apolinário, analista do núcleo de acesso a crédito do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).

Quem também recebeu crédito da MT Fomento foi Francielly Abreu, de Sorriso. Antes, ela tinha apenas uma cozinha fechada e atendimento delivery. Com o investimento, conseguiu organizar uma loja de produção em grande escala e espaço para atender os clientes, que deve abrir as portas em maio.
 
 “O crédito nos ajudou a terminar parte da obra da confeitaria e ter um folego para comprar as mobílias e nos preparar para abrir as portas aos clientes”, explica. Segundo Francielly, que nesta época as vendas aumenta, em até 70% na confeitaria que leva o seu nome, Fran Abreu Confeitaria.

Para a diretora de Desenvolvimento e Crédito da Desenvolve MT, Anne Cristine Siqueira, espera-se que este ano a agência consiga dobrar o volume de crédito liberado no ano passado, por meio de novas linhas e com a interiorização do crédito.

No ano passado, mais de R$ 21 milhões foram liberados em crédito para os empreendedores de Mato Grosso. Foram mais de 1.091 contratos formalizados, atingindo 92 municípios por meio da plataforma digital e agentes de crédito credenciados.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet