Olhar Agro & Negócios

Quarta-feira, 27 de maio de 2020

Notícias / Energia

Mercado de combustível de MT se destaca e cresce 8 vezes mais que a média do País

Da Redação - Laura Petraglia

10 Mai 2013 - 10:23

Foto: Reprodução - Ilustração

Mercado de combustível de MT se destaca e cresce 8 vezes mais que a média do País
Mesmo com a condição desfavorável das estradas e a alta carga tributária – segunda maior do País, só perde pro Acre -, Mato Grosso tem se destacado nacionalmente no que tange o mercado consumidor de combustíveis, que segundo o presidente do Sindicato Nacional das Empresas Distribuidoras de Combustíveis e Lubrificantes, Aluísio Vaz, no primeiro trimestre, em geral, teve um desempenho muito tímido. Enquanto o mercado nacional cresceu cerca de 2%, o de Mato Grosso cresceu 10%.

Evento do setor de combustíveis é aberto hoje em Cuiabá com palesta de Paulo Henrique Amorim e Pedro Taques
Pedro Taques e Paulo Henrique Amorim são palestrantes de encontro de revendedores de combustível

“Mato Grosso está se destacando no País este ano. O crescimento do primeiro trimestre do setor dos combustíveis em geral está muito pequeno, revertendo uma tendência que o Brasil vinha de consumo em grande elevação e esse ano de 2013 parou essa elevação, mas Mato Grosso continua crescendo. Enquanto no Brasil o consumo de gasolina e diesel está crescendo 1% ou 2%, em Mato Grosso esse crescimento é de 10% este ano”, revela.

Tal condição de crescimento consumo e abertura de mercado tem chamado atenção e atraído grandes empresas para que invistam ainda mais no estado e mantenham a qualidade no atendimento aos clientes, afirma Aluísio.
O presidente afirma que se não fossem as condições logísticas, talvez fosse possível oferecer combustível com preço muito menor em Mato Grosso. “Com meios logísticos mais eficientes, poderíamos ter combustível mais barato em Mato Grosso”, finalizou.

Aluísio e centenas de empresários de todo o País participam em Cuiabá do II Encontro de Revendedores de Combustíveis - Centro-Oeste/Brasil, cujo tema central é a "A Gestão Profissional" com foco voltado à "sustentabilidade". O evento que começou nesta quinta-feira (9), termina hoje (10).

Nomes conhecidos nacionalmente ministrarão palestras sobre as expectativas, dificuldades e propostas para fortalecimento de todo o segmento envolvido com derivados de petróleo, biocombustíveis e lojas de conveniência.

Também há no local feira e exposição de produtos e serviços voltados ao mercado de combustíveis em geral. Segundo o presidente do Sindipretro, Aldo Locacateli, é um importante espaço de divulgação e de negócios entre a indústria e o mercado consumidor, além de uma excelente oportunidade para estreitar relacionamentos e ampliar o conhecimento sobre as novidades do setor.

De acordo com o Sindipetro, a expectativa de público é de aproximadamente 1.000 pessoas, sendo empresários em geral, proprietários de postos de combustíveis, diretores e gerentes de empresas do agronegócio, transportadoras, empresas de ônibus, construtoras, indústrias, TRRs (Transportadoras-Revendedoras-Retalhistas), aviação agrícola, prestadores de serviço, autoridades, órgãos fiscalizadores, entre outros.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agro Olhar. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agro Olhar poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Sitevip Internet