Olhar Agro & Negócios

Domingo, 31 de maio de 2020

Notícias / Energia

Governo do Rio anuncia incentivo ao setor de etanol para triplicar produção do combustível no estado

O GLOBO

06 Jul 2013 - 12:45

Com o financiamento aos canaviais e a redução do ICMS, a intenção é triplicar a produção atual em território fluminense. Atualmente, o Rio de Janeiro produz apenas 0,5% do total do etanol brasileiro e consome 6% da produção nacional.

Segundo o secretário de Desenvolvimento, Julio Bueno, o incentivo tributário concedido pelo governo no ano passado já vem resultando em investimentos em novas usinas que estão se instalando na região Norte Fluminense, gerando empregos na região.

A safra de cana-de-açúcar avança para níveis recordes, o governo reduz a alíquota do PIS e da Cofins e aumenta o percentual da mistura do etanol com a gasolina. Mesmo assim, o consumidor praticamente não sente o resultado. Entre abril e maio, o valor praticado pelos produtores de etanol hidratado caiu cerca de 20% e por volta de 7% no caso do anidro (adicionado à gasolina). Com o novo incentivo, o Rio de Janeiro já começa sua empreitada para elevar a produção e também ajudar a conter os preços na bomba.

De acordo com a Secretaria Estadual de Agricultura, hoje já é obtida uma produtividade de 75 toneladas de cana por hectare, ante 62 toneladas no passado. A expectativa é de que a partir do financiamento ao plantio anunciado nesta quinta-feira, os produtores possam adquirir mais máquinas, modernizar técnicas e diversificar as variedades de cana. A secretaria trabalha com a possibilidade de elevar a produtividade para 95 toneladas por hectare nos próximos anos.

— Até o início de 2015, quando começa a ser colhida a safra que receberá os investimentos gerados a partir desse novo convênio, já poderemos perceber claros resultados — disse o secretário de Agricultura, Christino Áureo.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agro Olhar. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agro Olhar poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Sitevip Internet