Olhar Direto

Terça-feira, 23 de abril de 2019

Opinião

Cuiabá 300 anos: sua maior riqueza é a nossa gente

Autor: Misael Galvão

08 Abr 2019 - 08:00

Cuiabá chega aos seus 300 anos como a cidade mais rica que existe. Esta riqueza não está nos casarões que fazem parte da sua história, ou nos modernos prédios, símbolo do avanço e do progresso da nossa cidade. Não está no sol que nos aquece, na chuva que nos refresca, nem no céu azul ou nas noites estreladas. A riqueza da nossa cidade está na nossa gente.

Calorosos e acolhedores, os cuiabanos fazem desta terra o melhor lugar para se viver. Ao contrário do que se pensa, as pessoas que aqui chegam não ficam porque comem cabeça de pacu. Elas adotam Cuiabá porque em nenhum outro lugar se sentem tão em casa. E este clima hospitaleiro é o povo da nossa cidade que cria.

Os cuiabanos já deram muitas demonstrações do quão felizes são ao acolherem pessoas de fora. Paulistas, cariocas, gaúchos, paranaenses, mineiros, baianos, maranhenses, gente de todo o lugar é recebido por aqui com um sorriso aberto e um abraço sincero. Nossa religiosidade, a força e a união das nossas famílias, o respeito às instituições, fazem de nós especiais.

A riqueza desta cidade está no ribeirinho, que geração após geração, vive daquilo que o nosso rio dá. A riqueza desta cidade está no pau rodado que aqui se estabelece, adota nossos costumes e fala orgulhoso que encontrou o melhor lugar para viver. A riqueza da nossa terra está naqueles que trabalham de sol a sol – e que sol – para fazer de Cuiabá uma cidade cada vez melhor.

Bolo de arroz, guaraná ralado, um bom peixe, Maria Izabel, paçoca de pilão, viola de cocho, tudo isso é fruto da nossa história, símbolos da nossa cidade. Mas junto com todos estes produtos, todos aqueles que por aqui passaram levaram consigo um pouco da nossa hospitalidade. E são os sorrisos, abraços e boas conversas que ficam gravados na memória e correm o mundo todo.

Quando se é eleito para representar no Parlamento este povo, a responsabilidade é muito grande. Afinal de contas, gente tão maravilhosa assim tem o direito a ter seus direitos, anseios e desejos, defendidos com o máximo de afinco. E é isso que o que procuramos fazer, buscando com que os cuiabanos, paus rodados ou de tchapa e cruz, participem das discussões que afetam nossa cidade.

Parabéns Cuiabá, pelos seus 300 anos. Parabéns a todos  os cuiabanos, que fizeram, fazem e farão esta terra quente um lugar cada vez mais acolhedor e caloroso.


Misael Galvão é presidente da Câmara de Cuiabá
Sitevip Internet