Olhar Direto

Quarta-feira, 22 de maio de 2019

Opinião

Carta aberta aos jovens do PSDB:

Autor: Arlindo Neto

08 Mai 2019 - 08:00

Ao longo dos últimos oito anos, estive mergulhado na vida partidária, e descobri a militância política como instrumento a favor dos menos favorecidos, da igualdade de oportunidades e ampliação dos espaços de participação da sociedade na tomada de decisões.
 
Motivado por esses ideias, guiado por meus sonhos, aos quinze anos de idade, sem nenhuma influência política, no dia 11 de Julho de 2011 percorri o caminho de casa até o centro de Cuiabá, para acompanhar de perto a Manifestação de jovens tucanos em frente ao Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes - DNIT, alvo de várias denúncias envolvendo o presidente da entidade, Luiz Antônio Pagot - indicado do então senador por Mato Grosso, Blairo Maggi - em mais um escândalo de corrupção da Era Petista, e a partir daquele dia daria os primeiros passos rumo às trincheiras tucanas.
 
O PSDB de outrora, conhecido pelas boas práticas de gestão, pela bandeira da ética e sua determinação em passar a limpo o Brasil, foi decisivo para primeira e única experiência político-partidária da minha vida.
 
Nesse período, ocupei todos os espaços diretivos dentro da Juventude Tucana, iniciando como secretário de formação política da JPSDB de Várzea Grande e concluindo minha atuação como Presidente Estadual da JPSDB MT. Organizamos nesse intervalo:

1) A I Conferência Estadual de Juventude, que deu origem ao Conselho Estadual de Juventude - CONJUVE-MT, fundamental na efetivação de políticas públicas que irão atingir a vida de milhares de pessoas;

2) A eleição de delegados para o 55º Congresso da UNE, que lá em Belo Horizonte tiveram a oportunidade de defender uma entidade transparente e a favor dos interesses reais dos estudantes;

3) Caravanas e manifestações em prol do impeachment da Presidente Dilma Rousseff, naquele momento fundamental para retomada da esperança e do crescimento do país;

4) Refundação de Juventudes Municipais e aproximação com lideranças politicas em diferentes regiões do Estado, por meio do projeto "Juventude Na Estrada" foi possível percorrer mais de trinta municípios nos últimos dois anos;

Além de inúmeras atividades, como cursos de formação política, filiação de novos quadros, bem como a participação efetiva do braço jovem do PSDB nas campanhas que se sucederam neste lapso temporal. Sem a militância jovem tucana, nada disso seria possível.
 
"Mesmo que já tenha feito uma caminhada, sempre haverá mais um caminho a percorrer" (Santo Agostinho).
 
O resultado eleitoral de 2018 nos impôs uma dura realidade. Ou mudamos, ou caminhamos para o fim. Em Mato Grosso não é diferente. Na próxima segunda feira (06/05), os delegados da Convenção Estadual reelegerão, o atual presidente, ex vereador da capital, Paulo Borges Junior, que vem de repetidos fracassos, quer seja a frente da sigla, na qual ficou evidente sua falta de habilidade política na construção das chapas majoritárias e proporcionais nas ultimais eleições, ou em disputa eleitoral anterior, na qual não conseguiu sequer reeleger-se vereador pela capital.
 
Recentemente o Diretório Municipal Alto Araguaia, tornou-se alvo de decisão arbitrária do presidente, que em um ato antidemocrático, impedindo o direito ao contraditório e a ampla defesa, expulsou mais de vinte filiados, dentre eles o companheiro Mateus Lopes, membro da Executiva Estadual da JPSDB MT. Essa atitude revela o triste momento pelo qual passa o PSDB em Mato Grosso, vítima do autoritarismo e da falta de diálogo dos atuais comandantes.
 
Desafios enormes se colocam a nossa frente, exigindo do partido cada mais dialogo com sua militância, e por outro lado, maior aproximação com as ruas. Diante da falta de abertura de espaços para o surgimento de novos quadros, e a insistência em manter no comando do Diretório Estadual figuras em evidentes escândalos de corrupção, torno pública decisão tomada em recentes conversas com amigos, familiares e companheiros de caminhada política e tomo a liberdade de anunciar minha saída do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB).
 
"Mais grave que a miséria dos famintos é a inconsciência dos fartos." (Franco Montoro).
 

 Arlindo Neto é Presidente da Juventude do PSDB de Mato Grosso.
Sitevip Internet