Olhar Direto

Sexta-feira, 23 de agosto de 2019

Opinião

O fim da reeleição através do voto

Autor: Wilson Carlos Fuáh

07 Ago 2019 - 08:00

No mundo político existe a visão interna e a visão externa, uma é confiável e a outra nem tanto assim, ou seja, o que vem a público, nem sempre é verdadeiro, mas o que é verdadeiro, muita vezes ficam escondidos dentro dos gabinetes.

Publicamente os políticos passam a imagem irreal que faz com que o povo possa continuar acreditando que elegeu um líder que atua com honestidade e ética. Mas, na política devemos ter cuidado sobre o que é certo e o é que errado, pois em cada eleição traz consigo grandes decepções, e, é através dessas distorções entre o real e o irreal, é que as pessoas espertas estão assumindo posições de destaques na vida política do estado e do país.

O grande espetáculo do mundo político, é muito dinâmico, e os personagens vivem da ganância e onde os bolsos são maiores do que os olhos, e, essa acumulação segue aumentando a cada mandato, por isso, esses personagens chamados de candidatos, fazem qualquer coisa para permanecer no cargo eletivo, veja que antes mesmo de concluir um mandato, já estão pensando em novas candidaturas, porque não querem ficar longe do poder.

Tudo é maquiado através do marketing impositivo, e propagandas institucionais cansativas e repetitivas, mas cabe a cada de um nós, traçarmos o nosso destino na vida política, pois tudo em nossas vidas envolvem as ações e decisões de projetos de leis, quer seja na segurança, ou no sistema de saúde, ou no complexo sistema educacional.

Neste mundo político contemporâneo existemseres investidos em mandatos, que fazem qualquer “negócios” para fortalecer entre os seus “pares”, por isso, não se posicionam, por medo de enfraquecer dentro dos grupos, que pode ser os seus futuros financiadores nas próximas campanhas.

Por isso os aventureiros avançam na política e nos postos de decisões, hoje a política virou profissão, quem entra na política não quer mais sair, e fazem tudo para que esse cargo seja vitalício, mas só tem uma forma de interromper essa situação continuada, é não votar em parlamentares que tem mandato, além de promover a maior limpeza no mundo político, estará dando oportunidade para as novas lideranças.

A renovação será sempre bem vinda, em todos os setores da vida, e principalmente na política, secada eleitorder um basta na reeleição através do seu voto, ou seja, não votar em quem já tem mandato, não haverá necessidade da reforma política, pois ao não votar nesses políticos viciados em dinheiro público, estes ficarão sem poder, e político sem poder cai no ostracismo, epor 4 anos de solidão política, é veneno democrático na dose certa para acabar com os carreiristas políticos.


Wilson Carlos Fuáh é Especialista emRecursos Humanos e Relações Sociais e Políticas.Fale com o Autor: wilsonfua@gmail.com
Sitevip Internet