Olhar Direto

Quarta-feira, 11 de dezembro de 2019

Opinião

Existe uma vaga para prefeito em Cuiabá

Autor: Wilson Carlos Fuáh

30 Set 2019 - 08:00

O ano eleitoral nem começou, e entre o quadro político  que se apresta, e os nomes que falam  pelos “becos”, aparecem  05 nomes que podem ser candidato a Prefeito de Cuiabá, mas eles não querem e afirmam que não são candidatos, talvez com medo de levar “bordunadas”  bem antes do período eleitoral, e entre eles podemos citar:
       
Roberto França - com a experiência de ex-prefeito,  é a noiva da vez, todos os partidos o quer como candidato ao executivo cuiabano em 2020, mas “ele nem partido tem”, e segue com as suas “lapadas”, mas não afirma, se é ou não é candidato, fica só “cubano”,  olhando para lá e olhando para cá, não fala nada. 
     
O segundo mais citado e colocado como “NUMBER ONE” em todos os cargos do estado de Mato Grosso, esse número um, é o  Dep. Eduardo Botelho, pois tudo que é eleição que se fala, lá está o nome dele, ou seja: Prefeito de Cuiabá e Várzea Grande; Candidato ao Senado,  (para possível vaga de uma possível cassação); Conselheiro do TCE/MT, esse cargo de Conselheiro é o mais cobiçado, porque está “pertinho do céu”.
         
O Prefeito Emanoel Pinheiro, é categórico em afirmar que não é  candidato, em respeito a decisão da sua esposa, mas ultimamente tem “misturado o doce” para a reeleição, e como todos, não afirma se é candidato a reeleição, pois ele tem o desgaste natural por estar exercendo o mandato, ao falar que é candidato, virá a desconstrução da sua imagem, bem antes da eleição.
       
Mas, apareceram dois novos nomes, considerados a marca da renovação, Gisela Simona Viana de Souza e o Niuan Ribeiro Roberto,
         
A  Gisela Simona Viana de Souza  é Advogada, cuiabana de 42 anos, foi candidata na eleição para  Deputada Federal no Mato Grosso pelo PROS, tendo excelente votação e tem-se destacada como Superintendente do Procon/MT, e também diz: “ainda não decidi”.
       
E, entre os jovens também aparece o nome do vice Prefeito de Cuiabá, Niuan Ribeiro Roberto, é Advogado formado pela UFMT,  nasceu em Cuiabá, vai completar 35 anos em novembro, por ser vice, está acompanhando todos os erros e acertos desta administração atual, mas também diz. “não sou candidato” mas, já está mexendo os “pauzinho”.
       
Antes de decidir pela candidatura, os políticos estão interessados em saber qual o partido lhe dará maior visibilidade e uma vaga de candidato única, e por isso,  estão de olho no prazo das “janelas”.
       
Na verdade banalizaram os Partidos, que antes era a maior instituição democrática, apesar de ainda continuar sendo um grupo organizado de acordo com a lei, onde as pessoas compartilham um mesmo ideal político, mas infelizmente, hoje o ideal coletivo virou o ideal de espaço político individualizado, mudam-se  os ideais  da noite para o dia. 
         
E, assim, a dificuldade em não receber os serviços públicos de qualidade depende do seu voto de qualidade, senão a precariedade no serviço público irá continuar.
                 
A principal forma de melhorar o mundo em que vivemos é limpar dos meios políticos, pessoas que faz da política um meio de vida, que vendem a ética, a moral, não respeita a formação ideológica e também partidária, em resumo trai o povo e se vendem por 30 moedas.        
         
E para termos todo o benefício em forma de um país ou de um estado ou de uma cidade, tendo-o como um lugar ideal para se viver, depende do nosso voto, pois o retorno social vem das ações do poder legislativo e executivo, por isso, a maior forma de manifestação de amor-próprio e apreços a comunidade em que vivemos, é saber votar.
             
Depois não adianta reclamar.

Economista Wilson Carlos Fuáh – É Especialista em   Recursos Humanos e Relações Sociais e Políticas. Fale com o Autor: wilsonfua@gmail.com          
Sitevip Internet