Olhar Direto

Segunda-feira, 30 de março de 2020

Opinião

Eleição Suplementar/Municipais 2020 e os servidores públicos

Autor: Max Campos

16 Mar 2020 - 08:00

Que tal começar a discorrer recordando a campanha à prefeitura de CUIABÁ no ano de 2016 quando então uma figura política que hoje é um candidato ao Senado afirmou: Servidor Publico é importante PORÉM NÃO DECIDE UMA ELEIÇÃO  e não se atentou que estava nessa infeliz frase acendendo um verdadeiro estopim de um barril de pólvora que já estava preste a explodir. Bem o resto da história todo o Estado de Mato Grosso já conhecem.

Não só DEFINIRAM como até os votos brancos/nulos e abstenções ocuparam a segunda colocação. 

Há muito tempo a categoria vinha dizendo que a nossa resposta se daria nas urnas, E ESTE TEMPO CHEGOU.

Neste primeiro semestre nossa força já será testada na eleição suplementar ao senado, onde vários nomes foram colocados sendo alguns de servidores públicos vislumbrando um futuro obscuro onde DIREITOS ESTÃO SENDO RETIRADOS, estes se propuseram a colocar seus nomes ao pleito eleitoral suplementar ao senado e também serão colocados para a eleição municipal em outubro que ora se avizinha.

Entenderam que proteger a sociedade e servi-la da melhor forma possível não é apenas ter um subsídio condizente, é nos proteger também dos feitores leia-se gestores que faz do COURO DO TRABALHADOR SUA CHIBATA pois o executivo é onde primeiro a FACA começa o corte da carne e aquele DISCURSO de campanha dizendo da VALORIZAÇÃO, RESPEITO E ESTRUTURAÇÃO DO SERVIÇO PÚBLICO fica no passado, se torna apenas mais uma "PROMESSA  DE CAMPANHA".  

Nós já estamos cansados de ver esse filme e basta desse discursinho falido.

A sociedade mato grossense leia-se os mais de TRÊS MILHÕES de habitantes aguardam ansiosamente mudanças nestas eleições, estas são palavras de ordem: RENOVAÇÃO E COMPROMISSO COM O COLETIVO. Ou ainda pensam em assistirem nosso Estado nos principais jornais do País como um antro de políticos corruptos? BASTA NÉ GENTE? 

Estamos falando não apenas de nosso futuro mas como citado acima são mais de três milhões de mato-grossenses, nossos filhos, nossos netos e as próximas gerações. 

Mas há ainda BONS NOMES? Claro que SIM. O que dificulta são as vertentes que impedem o surgimento dessas pessoas. A primeira é sua ideologia e a necessidade de estar filiado a um partido político, lembrem-se que como são conhecidos os coronéis ou caciques, são  aquelas velhas raposas que se acham verdadeiros "DONOS" da sigla e submetem seus filiados a seus caprichos. O segundo é como rodar 141 municípios deste nosso imenso Estado se você não for um rico empresário ou ter um mandato? Onde pode ter acesso a combustível, veículos, passagens aéreas, batalhões de cabos eleitorais contratados, marqueteiro entre outras vantagens que os colocam a anos luz de quem no simples desejo de se colocar de igual para igual não sai do papel?  Para isso há as redes sociais que o hoje presidente da república se valeu para ocupar o mais alto cargo público do País. 

Entretanto surge um movimento rouco entre a multidão, surge pesquisas mesmo as compradas que sabemos existir demonstrando a insatisfação da população com o atual cenário político somado a um altíssimo grau de numerosos eleitores que não querem ou não desejam votar se abstendo ou votando em branco e nulos podendo bater todos os recordes de não votantes. Porém incorre em erro quem o faz, e o porque? Devido a essa nulidade aquelas velhas raposas podem se PERPETUAR no poder e tudo que investiram nas campanhas retornarão de alguma forma ao bolso destes. E obviamente ninguém quer isso mais em nosso Estado. 

Hoje com a internet e um smartphone em mãos num clique você em qualquer lugar do planeta saberá através de um simples aplicativo ou uma simples busca no Google se o pretenso candidato escolhido responde à algum processo ilícito cometido dentro ou fora de seu mandato, as informações voam numa velocidade incrível e qualquer pessoa pode ter acesso. 

Mas voltando ao título que leva este artigo: A RESPOSTA É SIM. Os servidores públicos sejam eles FEDERAIS, ESTADUAIS,MUNICIPAIS ou sejam eles servidores da INICIATIVA PRIVADA. Juntos somamos entre 500.000 a UM MILHÃO DE VOTOS que vão porém UNIDOS definir inclusive uma eleição ao SENADO. 

E não podemos ERRAR. Não mais cabe erro em nosso Estado principalmente na SEARA POLÍTICA. O resultado positivo de tudo passa pelo campo das decisões políticas: Dos deputados estaduais da nossa assembleia Legislativa,Nossos deputados Federais da câmara federal, ao NOVO(a) SENADOR (a) a ser escolhido e aos próximos prefeitos e vereadores dos 141 municípios de Mato Grosso. 

REFLITAM, CONVERSEM COM SEUS COLEGAS DE TRABALHO, DEBATAM COM SEUS AMIGOS, DIALOGUEM COM SEUS FAMILIARES, OBSERVEM E ESTUDEM MUITÍSSIMO BEM SEUS CANDIDATOS E VOTEM POR AMOR AO PRÓXIMO, A COLETIVIDADE, PENSEM E E SE PONHAM NO LUGAR DAQUELES QUE PRECISAM DE SAÚDE PÚBLICA, MORADIA, SEGURANÇA E EMPREGO. 

Não queremos um senador SEGMENTADO como uns se colocam apenas do AGRO queremos um representante pelo POVO DE MATO GROSSO. 

No seu devido tempo e momento ajude o povo deste amado e extenso Estado a votar consciente. Seja voluntário do bem. As nossas próximas gerações agradecem. 




MAX CAMPOS É SERVIDOR PÚBLICO ESTADUAL DE MATO GROSSO. 

 
Sitevip Internet