Olhar Direto

Quinta-feira, 29 de outubro de 2020

Opinião

Pantanal, cansei de você

Autor: EDUARDO PÓVOAS

09 Out 2020 - 08:00


Precisa ter coragem para colocar a cara a tapa, como tenho feito, para levar cacete de filhotes de Ongs quando se contraria seus interesses e suas “sabedorias” de gibis em quadrinhos.

Aqui no rodapé vocês verão o descontentamento de muitos, mas não saberão quem, pois se escondem na sua insignificância.

Claro, um cem número dessas Ongs viram agora, seus interesses para o pantanal. Tem gente ali, como escrevi anteriormente, que tem medo de mosquito e borboleta, mas se julga no direito de dar “pitacos” sobre a planície pantaneira.

Filhotinhos mimados dessas Ongs, que esperamos que até o fim do governo Bolsonaro noventa por cento delas estejam incineradas pelo Capitão, mal conhecem o nosso pantanal, e se conhecem, é a região da transpantaneira carregando gringos para fotografar garças e tuiuiú, falando alto e grosso sobre aquilo que pensam entender.

Vejo outdoors pela cidade pedindo a não liberação    da pesca do dourado. Dizem que dourado vivo vale mais que morto, pouco se importando se esse dourado vivo, vem dizimando, com a sua proliferação desenfreada, a alimentação dos peixes lisos, lambari, sardinha etc. Governador Mauro, crie uma comissão que saia de suas salas refrigeradas, tirem a bunda do sofá, esfreguem um Baygon para mosquito na pele, e vá escutar o homem pantaneiro, aquele que melhor sabe opinar sobre este assunto.

Nenhuma opinião de seus técnicos será mais importante e sábia do que a do homem que lá vive sobre isto.

Reuniões e mais reuniões foram feitas no passado para se tratar do pantanal. Nada, absolutamente nada do que lá foi colocado no papel, e olhe que foi cada coisa linda, aconteceu de concreto.

Libere a pesca do dourado e no ano que vem feche por cinco anos a pesca do pacu, e em seguida, pelos mesmos cinco anos, feche a do pintado e da cachara.

Esta não é invenção minha. Foi a mim sugerido que escrevesse sobre isso, por um pantaneiro.

Você conhece alguém que matou sua galinha que botava ovos de ouro?

Pois bem, eu não conheço, mas ouvi acusações incabíveis ao VERDADEIRO homem do pantanal.  Será que o homem pantaneiro que sempre cuidou, virando isso cultural, do seu pasto, com fogo e nunca provocou tragédia igual a essa, resolveu ou ficou “pirado” de uma hora para outra colocando fogo nas pastagens para que sua criação morra de fome?

Vou viver (se Deus quiser) mais cinquenta anos e jamais vou acreditar nisso.

Mas, como só tem ele por lá, e fácil dizer: “foi você!”
Pantanal foi feito para peixes, animais e o homem pantaneiro, às vezes turistas conscientes.  Dizer que estudou, virou doutor ou Mestre, e agora sabe tudo do pantanal, é balela pra boi dormir.

Governador, tenho feito a minha parte alertando-o sobre outras catástrofes. Que Deus te proteja para que nunca mais possamos viver outro episódio destes.



EDUARDO PÓVOAS- ODONTÓLOGO
 
 
Sitevip Internet