Olhar Conceito

Sábado, 23 de janeiro de 2021

Notícias / Diversão e Lazer

Missa da Festa de Nossa Senhora do Pantanal será em intenção ao jornalista Marcos Coutinho

Da Redação - Lidiane Barros

28 Jun 2013 - 15:20

Foto: Hans Braegelmann

Missa da Festa de Nossa Senhora do Pantanal será em intenção ao jornalista Marcos Coutinho
A irreverência com que sempre é lembrado o jornalista e fundador do Grupo Olhar Direto, Marcos Coutinho (in memorian), ganha uma homenagem da festa que reverencia uma santa peculiar, que dentre outras santas atribuições, é protetora do Pantanal, vigiando a fauna e flora e claro, os violeiros, sendo assim, por que não os violonistas? É o caso deste que foi um exímio tocador de violão, cantor e amante da música brasileira.

Um exímio conhecedor da música de ouvidos de fino trato: amor à bossa nova e ao jazz

De Malone para Coutinho

Entre outras tantas justificativas, onde estiver, Coutinho vai ao certo sentir todas as boas vibrações que vão emanar da Fazenda Nossa Senhora da Medalha Milagrosa, em Jangada (a 80 km de Cuiabá), neste domingo (30), pois a missa será rezada à intenção de sua alma.

A organizadora do evento e proprietária da fazenda, Márcia Campos, conta que ele sempre foi um entusiasta da causa e além de participar de outras edições ativamente, dedicava-se à divulgação do evento não só neste veículo, como também, junto a outros colegas jornalistas, com a intenção de fazer a festa tornar-se conhecida. “Estou dizendo desta vez que a missa campal vai ser em um jardim, porque Coutinho ao certo é um jardineiro no céu”, demonstra seu carinho. “Ele foi um bravo homem, muito justo, mas muito irreverente. Certa vez, Dom Milton foi benzê-lo e com a mão esquerda, ele se divertia e dizia que não, e me pedia para que ele benzesse com a mão direita”, se diverte ao lembrar.

A referência mora não só na santa que surgiu do imaginário popular e religioso de quem vive na região do Pantanal, como também, no modo apurado como é feita a celebração, sempre realizada pelo arcebispo Dom Milton. Violeiros, berrante e evangelho encenado tornam o evento ímpar. “As músicas tocadas durante a missa são sertanejas de raiz, porém, todas com temática cristã”, ressalta.

Antes da missa, há um farto chá com bolo e depois, almoço gratuito regado a churrasco, cozidão e por aí vai. “A comunidade do Vaquejado participa ativamente. Toda a comida é gratuita, apenas a bebida é paga e esse valor, é revertido para o Centro Comunitário”.

Vale ressaltar, a Fazenda Nossa Senhora da Medalha Milagrosa tem a primeira igreja de Nossa Senhora do Pantanal de Mato Grosso, santa que surgiu da cultura do barro nas regiões pantaneiras. “Alcancei um milagre da Santa e logo, recebi a doação de uma imagem de Nossa Senhora do Pantanal do arcebispo de Cuiabá, Dom Milton Santos, e a capela da fazenda foi transformada em igreja”, conta.

Depois do almoço, o rasqueado corre solto até o momento em que uma “revoada” de fogos de artifício anunciam o final da festa.

ORAÇÃO DE NOSSA SENHORA DO PANTANAL

Ó Virgem Maria Imaculada, Nossa Senhora do Pantanal, que aparecestes à margem do Rio Paraguai na arte do Massabarro através das mãos de pequenos artesãos - Crianças e Jovens - , Modelai em nós Jesus Cristo, Vosso Filho e nosso Irmão, para que na docilidade ao Espírito Santo realizemos no novo milênio a vontade de Deus que é o seu Plano de Amor: Senhora do Pantanal, Protegei o Vosso povo Pantaneiro e o Brasil que vos elegem como Mãe e Protetora. Senhora do Pantanal,nossa fauna, nossa flora e o minério: - dons da Mãe - Natureza em nossas mãos - Para fazermos de tudo "um hino de louvor da criação". Nossa Senhora do Pantanal, Em vosso zelo de Mãe atendei as nossas preces apresentando nossos pedidos junto a Deus-Trindade-Amor. Nossa Senhora do Pantanal, Mãe de Deus, Rogai por nós, agora e sempre. Amém

Oração com Aprovação Eclesiástica de Dom Milton Santos (Arcebispo Metropolitano de Cuiabá)

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet