Olhar Conceito

Sexta-feira, 27 de novembro de 2020

Notícias / Gastronomia

Após engravidar de gêmeos, cuiabana aprende confeitaria pela internet e faz bolo até para cachorro

Da Redação - Letícia Ferro Ferraz

20 Jun 2017 - 09:28

Foto: Arquivo Pessoal

Bolo de aniversário de 1 ano da cadelinha Babi, que a Ellen fez.

Bolo de aniversário de 1 ano da cadelinha Babi, que a Ellen fez.

Depois que ficou grávida de gêmeos, a cuiabana Ellen Santiago não poderia trabalhar fora, preferia trabalhar em casa, para poder passar mais tempo com seus três filhos. Por isso começou a pesquisar receitas, e viu que isso poderia render dinheiro. Hoje ela faz bolos, cupcakes e doces, tudo personalizado de acordo com a preferência do cliente.

Leia também:
Cuiabana investe em negócio próprio para ficar com filho e em uma semana vende R$1250 em bolos 

“Comecei a trabalhar com confeitaria quando tive gêmeos. Anteriormente trabalhava na prefeitura, em um cargo comissionado, mas após essa gravidez, não poderia mais trabalhar fora, queria trabalhar em casa. Então comecei a fazer doces e bolos personalizados, procurei saber como fazer, minha maior forma de aprendizado foi através vídeos de receitas.” explica.

Ela conta que apesar de muita gente apoiá-la, teve quem a desanimasse também, mas que não tomaria uma decisão diferente. “Durante a transição senti medo, mas sempre dava o meu melhor e confiava no meu produto. Sabia que tinha que acreditar em mim para que o negócio desse certo. Foi a melhor escolha que fiz, me sinto muito realizada e posso estar presente para meus três filhos, ao mesmo tempo que ganho meu dinheiro.”

A confeiteira disse também que a sua maior adversária foi a incerteza. “A maior dificuldade foi a dúvida, se iria conseguir fazer as artes personalizadas, se iria ter procura, se o negócio iria dar certo. Todo esse recomeço, né?”

Seu diferencial é a personalização. Ela faz os bolos e doces de acordo com os pedidos dos clientes. “Já vendi bolos para clientes que gostaram tanto do resultado final, que até hoje guardam a arte ou boneco que veio no bolo. Apesar de personalizados, nem todos os meus bolos são totalmente únicos. Por exemplo, isso acontece muito com bolos de personagens infantis, onde alguns modelos podem se repetir. Geralmente o cliente manda modelos para que eu me inspire, mas claro que nem todos são iguais. Cada vez que você faz um bolo, sempre vai ter algo único dele, que nunca vai ficar igual a qualquer outro.”

Ela contou alguns dos pedidos mais inusitados que já recebeu: “Já recebi pedidos de bolos bem peculiares, como por exemplo de um bolo de lata de tinta para a empresa Suvinil. Existem também os bolos de partes íntimas para despedidas de solteiro. Um dos mais memoráveis foi um bolo que fiz para o aniversário de um ano de uma cadelinha, ela adora bolo de chocolate, então sua dona encomendou um.”



Porém, o mais marcante de todos foi um bolo que ela fez para uma menina que queria pedir desculpas para uma amiga.  “Elas tinham aqueles colares de amizade, que duas partes formam um coração, e ela tinha perdido a sua parte. Aí me pediu que fizesse o bolo para a amiga, na esperança que ela a perdoasse, porque a amiga amava bolo. Ela me disse depois que o plano funcionou, e que a amiga tinha perdoado.”

O valor dos bolos varia, e eles podem ser encomendados via WhatsApp (65) 9 9285 0027. Mais informações e fotos, você encontra na Fan Page e no Instagram.

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet