Olhar Conceito

Terça-feira, 29 de setembro de 2020

Notícias / Dr. Juliano Slhessarenko - Cardiologia

Cardiologista fala sobre três alimentos que fazem bem ao coração

Dr. Juliano Slhessarenko

06 Mai 2019 - 11:45

Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto

Cardiologista fala sobre três alimentos que fazem bem ao coração
Cardiologista intervencionista. Doutor em cardiologia pela USP; Atendimento: Clinmed (65) 30559353, IOCI (65) 30387000 e Espaço Piu Vita (65)30567800

Maçã
 
As maçãs foram associadas a reduzirem os riscos de doença cardíaca coronária e doença cardiovascular. Uma pesquisa realizada nos Estados Unidos acompanhou um grupo de pessoas por ano e constataram que quem se alimentou de maçã de forma frequente e diária tinham menos chances de desenvolver problemas cardíacos.

Tal feito foi comprovado em um estudo realizado com um grupo de pessoas que comeram a fruta diariamente. Ao final da experiência, que durou quatro semanas, os participantes apresentaram uma redução de 40% do colesterol ruim no sangue.

Elas são alimentos bons para o coração devido a alguns compostos como flavonoides e antioxidantes que reduzem o colesterol ruim e impedem a formação de placas nas artérias. As maçãs também possuem vitamina C e pectina, uma fibra solúvel.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) indica que as pessoas comam de três a quatro porções de fruta por dia, mas as estimativas internacionais indicam que mais de 65% da população não segue a orientação. Se  adultos de todas as idades ingerissem uma fruta a mais por dia, cerca de 11 mil mortes por problemas cardiovasculares poderiam ser evitadas anualmente.
 
Cereais integrais
 

Segundo o levantamento, apenas 2,2% da população costuma consumir flocos à base de milho, trigo e aveia. E, por incrível que pareça, o índice despenca entre os jovens: só 1,7% deles consumem com regularidade.

Os cereais integrais são alimentos ricos em fibras solúveis, como a betaglucano.  Seu consumo habitual pode ajudar a diminuir a taxa de LDL, pois ele contém substâncias que podem reduzir a síntese de colesterol no fígado.

Os farelos de aveia e de trigo fornecem fibras solúveis, que auxiliam na redução de triglicérides e do colesterol ruim. Já a beta-glucana, fibra típica da aveia, se une às moléculas de gordura, formando um complexo eliminado nas fezes.

Consumir cerca de 5 colheres de sopa do grão por dia reduz em 5% os níveis do mau colesterol. Tem mais: pesquisadores da Universidade Harvard, nos Estados Unidos, notaram um elo entre o consumo de cereais e a redução do risco de pressão alta em homens de meia-idade.

Alface 
 

A alface é considerada um dos alimentos mais saudáveis que você pode consumir. É uma rica fonte de vitamina C e betacaroteno, que auxiliam a baixar a pressão sanguínea, combatem placas de gordura próximas ao coração, reduzindo os riscos de problemas cardíacos.

A alface é um dos alimentos mais saudáveis que existem no planeta. Esse vegetal folhudo e verde nos traz vários benefícios ao ser consumido, tais como normalizar os níveis de açúcar no sangue, combater inflamações, reduzir riscos de doenças cardíacas e ajudar na perda de peso. Existem muitas variedades de alface, e as mais conhecidas são: a alface romana, a alface lisa, a alface americana (crespa) e a alface iceberg.

A alface romana é considerada um dos alimentos mais saudáveis que você pode consumir. É uma rica fonte de vitamina C e betacaroteno, que auxiliam a baixar a pressão sanguínea, combatem placas de gordura próximas ao coração, reduzindo os riscos de problemas cardíacos.
 
Este são apenas três alimentos que ajudam a manter um coração em dia, o fundamental é reduzir o consumo de alimentos processados e industrializados.

Diminuir o consumo de sal e carboidratos.

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet