Olhar Conceito

Domingo, 08 de dezembro de 2019

Notícias / Literatura

Secretaria de Cultura pagará R$600 mil para produção de obras literárias e projetos de fomento

da Redação - Isabela Mercuri

31 Out 2019 - 16:53

Foto: Marcos Vergueiro

Secretaria de Cultura pagará R$600 mil para produção de obras literárias e projetos de fomento
Foi lançado na última terça-feira (29) o edital ‘Estevão de Mendonça de Literatura Mato-Grossense’, que vai contemplar quinze obras literárias inéditas e quinze projetos de fomento à leitura com o investimento total de R$600 mil. As inscrições seguem até 12 de dezembro.

Leia também:
Na semana do livro, Prefeitura 'esquece' dois mil exemplares por Cuiabá

“Incentivo direto à leitura e produção de conteúdo dos nossos escritores. Tivemos várias conversas com a categoria, escritores, editoras, revisores e toda essa cadeia produtiva, justamente para que o edital fosse construído para atender os anseios da classe em consonância com as necessidades do público”, explicou Allan Kardec, secretário de Cultura, Esporte e Lazer de Mato Grosso, durante o lançamento.

De acordo com a assessoria, as obras contempladas serão nas categorias prosa, poesia, juvenil, infantil e revelação, e os projetos de fomento podem ser de contadores de história, mediadores de leitura, formação de mediadores e oficina literária.

O edital prevê a descentralização dos recursos. Para isso, 60% das propostas premiadas deverão ser de escritores, artistas e produtores de municípios do interior do Estado, e os outros 40% serão distribuídos entre os municípios da Região do Vale do Rio Cuiabá (Cuiabá, Várzea Grande, Nossa Senhora do Livramento e Santo Antônio de Leverger). O resultado será divulgado em fevereiro de 2020.

“A literatura de Mato Grosso está mais próxima da gestão cultural. O poder púbico reconhece a maturidade da literatura de Mato Grosso e nós, escritores, estamos extremamente felizes. Enfim, encontramos uma ação efetiva que nos reconheça, nos celebre e que nos fortaleça”, comemorou a imortal da Academia Mato-grossense de Letras, escritora e poeta Luciene Carvalho.

“Estamos vivendo um momento muito importante de incentivo à leitura e ao livro, isso significa contemplar uma complexa cadeia produtiva que valorize não só o livro e a produção de conteúdo, mas uma série de desdobramentos da literatura. Todos nós, da Secel, pensamos que nosso trabalho só é completo quando conseguimos, de fato, fomentar a cultura”, concluiu o secretário-adjunto de Cultura, Paulo Traven.

Acesse o edital AQUI.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Conceito. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Conceito poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Redes Sociais

Sitevip Internet