Olhar Conceito

Domingo, 27 de setembro de 2020

Notícias / Cinema

Diretor de ‘Dois Papas’ e 'Cidade de Deus' cita mato-grossense como ‘promessa’ do cinema nacional

da Redação - Isabela Mercuri

31 Dez 2019 - 14:04

Foto: Reprodução / Youtube

Diretor de ‘Dois Papas’ e 'Cidade de Deus' cita mato-grossense como ‘promessa’ do cinema nacional
Em uma entrevista concedida ao site especializado ‘Omelete’, o cineasta Fernando Meirelles, diretor do recém-lançado ‘Dois Papas’, citou o mato-grossense Bruno Bini como uma grande aposta do cinema nacional.

Leia também:
Cuiabano dirige filme co-produzido pela Globo Filmes e com Bruno Gagliasso como ator principal

Bini foi o único nome dito pelo cineasta quando o jornalista Marcelo Forlani perguntou: “Como vem a base? Como você vê essa nova safra de cineastas?”. A resposta: “Na o2 a gente tem muitos diretores, que e acompanho. Eu era da ‘Globo Filmes’ e saí, mas também acompanhei alguns diretores novos, produzir alguns para o Bruno Bini, que está lançando um filme agora no Festival de Brasília. Eu acho que a gente deu um belo pulo. O que a gente tinha de colegas há 15 anos atrás, e a molecada que está entrando no mercado agora, é uma evolução incrível. Os caras conhecem linguagem, conhecem fotografia, conhecem... enfim, só me surpreendo positivamente com a geração nova de fotógrafos e diretores”.

Meirelles e Bini trabalharam juntos no filme ‘Loop’, lançado no último mês no Festival de Brasília. Com Bruno Gagliasso como ator principal e Cuiabá como pano de fundo, a produção teve supervisão artística de Meirelles, e direção de Bruno Bini.

Bruno Bini (Foto: Arquivo Pessoal)

Bruno é cuiabano, e já recebeu 47 prêmios por seus curtas em diversos festivais em todo o mundo. ‘Loop’ conta a história de um rapaz que fica obcecado com a ideia de voltar no tempo depois que a namorada morre. Segundo Bruno, “Durante esse processo a investigação do assassinato da namorada ele acaba descobrindo que isso [o assassinato] pode ter relação com uma tragédia pessoal dele”, explica. “É um filme que, dentro da narrativa, as coisas vão se interligando, você vai descobrindo junto com o personagem”. Segundo o diretor, a trama é uma “ficção científica realista” com toques de suspense.

Conhecido por produções como Cidade de Deus, Ensaio Sobre a Cegueira, dentre outros, Fernando Meirelles é um renomado cineasta brasileiro. Em 2019 lançou ‘Dois Papas’, pela Netflix, com Anthony Hopkins e Jonathan Pryce no elenco. O filme recebe quatro indicações ao Globo de Ouro, e é um dos favoritos à indicação ao Oscar.

Diz a sinopse: “Buenos Aires, 2012. O cardeal argentino Jorge Bergoglio (Jonathan Pryce) está decidido a pedir sua aposentadoria, devido a divergências sobre a forma como o papa Bento XVI (Anthony Hopkins) tem conduzido a Igreja. Com a passagem já comprada para Roma, ele é surpreendido com o convite do próprio papa para visitá-lo. Ao chegar, eles iniciam uma longa conversa onde debatem não só os rumos do catolicismo, mas também afeições e peculiaridades da personalidade de cada um”.

Veja a entrevista do diretor sobre o filme – em que ele cita Bruno Bini:

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet