Olhar Conceito

Quarta-feira, 28 de outubro de 2020

Notícias / Cinema

Mostra Universitária da UFMT começa nesta segunda-feira com mais de 100 filmes e atrações

Da Redação - José Lucas Salvani

28 Set 2020 - 09:41

Foto: Reprodução

Mostra Universitária da UFMT começa nesta segunda-feira com mais de 100 filmes e atrações
Começa na tarde desta segunda-feira (28) a 19ª Mostra de Audiovisual Universitário e Independente da América Latina (Maual) com mais de 100 curta-metragens gratuitos. Esta será a primeira edição em 18 anos a acontecer de forma totalmente online devido ao novo coronavírus. Os conteúdos audiovisuais serão exibidos no YouTube do Cineclube Coxiponés até a próxima sexta-feira (2). A programação completa pode ser vista aqui.

Leia mais:
Mostra universitária divulga lista de filmes selecionados para edição de 2020; confira

No total, serão exibidos 62 curtas de diversas regiões do Brasil, Argentina e Colômbia. Além dos curtas em competição pelo júri popular e oficial, a Mostra compartilha mais de 40 obras audiovisuais ao longo da semana, incluindo videoclipes, performances, homenagens audiovisuais e vinhetas criadas para a Maual.

Integram-se também a essa programação bate-papos sobre os curtas compartilhados sempre a partir das 14h, oficinas/laboratórios e Encontro da Rede Cineclubista de Mato Grosso.

Os debates são liderados pela iniciativa cineclubista Sessão Belo Belo, formada por estudantes do Curso de Cinema e Audiovisual da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT). Outra iniciativa de estudantes e professores do Curso de Cinema e Audiovisual da UFMT, a Pequi com Câmera, compartilha vinhetas desenvolvidas para a Mostra, todas concebidas no período de pandemia.

Esta será a primeira edição em 18 anos a ser realizada de forma online. “Nesse ano de pandemia e distanciamento social a Maual é resultado da soma de esforços de pessoas e iniciativas que vem colaborando com o Cineclube Coxiponés já há algum tempo. Junto com o lema “Sobrevivências”, que utilizamos desde maio, mobilização é uma palavra que expressa bastante esse trabalho conjunto que fizemos pra que a MAUAL pudesse acontecer nesse formato”, explica Diego Baraldi, supervisor do Cineclube Coxiponés e programador da Maual 2020.

O júri oficial da 19ª Maual é composto por Íris Alves Lacerda, cineasta (“Majur”) e ex-bolsista do Cineclube Coxiponés, Valentim Félix, realizador audiovisual e militante do campo das transmasculinidades, Maurício Rodrigues, cineasta (“Pandorga”) e membro do Coletivo de Audiovisual Negro Quariterê, Stephany Paipilla, estudante intercambista da Colômbia no PPGE/UFMT e curadora da iniciativa cineclubista “Círculos Anônimos da Palavra”, Karine Queiroz, produtora audiovisual e curadora da iniciativa cineclubista “: doc”, Leonardo Esteves, cineasta (“Alguém tem que honrar essa derrota!”) e professor do Curso de Comunicação Social da UFMT, e Ana Graciela Fonseca, produtora audiovisual e professora do Departamento de Comunicação Social da UFMT e da UNIC.

Nesta edição, além do júri oficial, os curtas exibidos também poderão receber prêmios relacionados ao número de visualizações obtidas no período em que ficarem disponíveis para apreciação do público. A Mostra competitiva acontece entre os dias 28 de setembro e 02 de outubro, sendo que a cada noite, a partir das 19h (20h de Brasília) será compartilhado um conjunto de curtas para apreciação popular pelo período de 18 horas (ou seja, até as 13h – 14h de Brasília - do dia posterior).

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet