Olhar Conceito

Quinta-feira, 07 de julho de 2022

Notícias | Cinema

1ª EDIÇÃO

Projeto de exibição de filmes dirigidos por cineastas regionais, "Cinemanga" acontece nesta quarta-feira

Foto: Arquivo Pessoal

Projeto de exibição de filmes dirigidos por cineastas regionais,
A 1ª edição do “Cinemanga”, projeto idealizado por João Pedro Regis, acontecerá nesta quarta-feira (6), no espaço cultural Manga Preta Rock Store. Para Regis, o projeto irá abrir janelas de exibições para obras de cineastas regionais. Nesta edição, Mauricio Pinto expõe o filme “Missivas” e Fellyppe Damian,  “Aquilo que me olha”. A sessão que começa às 20h, terá entrada gratuita e contará com pipoca para o público.

Leia mais: 
Filme mato-grossense que relata impactos da pandemia sob a ótica da arte é lançado nesta quarta-feira

A ideia de João Pedro Regis, cineasta, diretor e idealizador do projeto, é expandir e abrir janelas de exibições para os artistas audiovisuais do estado.  “Existe uma cena de produção e realização de cinema em Cuiabá que não tem visibilidade e acesso. A gente preza por ser essa janela de exibição local”, pontuou.

Para comemorar o mês de aniversário de Cuiabá, o projeto irá priorizar sessões regionais durante todo mês de abril, com diretores locais.

Nesta quarta, Maurício Pinto e Fellyppe Damian serão os cineastas que apresentarão suas obras no Cinemanga.

No ramo audiovisual desde 2014, mas participante ativo desde a época de faculdade nos anos 2000, Maurício, 42 anos,  conversou com o Olhar Conceito e contou que já viveu de outros empregos por conta da dificuldade de depender exclusivamente do ramo em Mato Grosso.

Diretor e produtor de “Missivas”, Pinto explicou que a obra é um documentário de busca. Tentando responder à pergunta “Por que alguém sai de casa para pegar em armas contra o Estado?”, ele produziu a história de Jane Vanini, que permite vislumbrar respostas à essa indagação.

“O que o documentário pretende então é apresentar Jane Vanini e relacionar sua vida com o legado da lutas das mulheres na América Latina”, explicou Maurício.

Para ele, as janelas abertas pelo “Cinemanga” são oportunidades de trocar com o público e entender como as pessoas estão recebendo a obra. Na minha experiencia como realizador, gosto muito de conversar com as pessoas sobre suas impressões, acredito que é uma parte muito importante do processo todo. Ainda mais depois de tanto tempo trancados em casa”, finalizou.

Fellyppe começou no ramo por meio de coletivos, há doze anos atrás. “A gente fazia filmes sem granas, com vontade de sanar uma formação que não existia”. Sobre a obra que irá apresentar, “Aquilo que me olha”, Fellyppe define como uma “experimentação de linguagem. Acho que é um filme sobre a construção da imagem própria, da identidade a partir de vários prismas, de várias formas que a gente pode se olhar, se ver e se enxergar”.

As obras serão exibidas na primeira edição do “Cinemanga”, que acontecerá no espaço multicultural Manga Preta Rock Store, no centro da capital, próximo à praça da Mandioca. A entrada será gratuita e terá pipoca para os espectadores.
 
Serviço:

Cinemanga 1ª edição

Local: Manga Preta Rock Store, R. Eng. Ricardo Franco, 546 - Centro, Cuiabá – MT, próximo à Praça da Mandioca
Valor: entrada gratuita
Horário: a partir das 20h
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet