Olhar Conceito

Terça-feira, 22 de setembro de 2020

Notícias / Astrologia

Planeta Vênus se 'aproxima' da Lua em fenômeno e encanta Cuiabá veja fotos

Da Redação - Stéfanie Medeiros

09 Set 2013 - 16:00

Foto: Eduardo Baldaci

Planeta Vênus se 'aproxima' da Lua em fenômeno e encanta Cuiabá veja fotos
A lua, mais parecendo o sorriso do gato de “Alice no país das maravilhas”, teve uma companhia “brilhante” no domingo (8). O corpo celeste que apareceu lembrava uma grande estrela que, atraída pelo satélite branco da Terra, chamava a atenção das pessoas com olhares vidrados, admirando o espetáculo astronômico. Mas não era uma estrela e sim o planeta Vênus.

Leia mais: Baldaci leva telescópio para praças para 'investigar' alinhamento entre estrelas, lua e planetas

Fotos inundaram as redes sociais, mas nesta segunda-feira de manhã algumas pessoas acordaram sem saber exatamente o que tinha acontecido. No entanto, por trás da beleza dos corpos celestes que se “aproximaram” tanto ontem que foi possível vê-los a olho nu, há uma explicação.

Em entrevista ao Olhar Conceito, o astrônomo amador Eduardo Baldaci convidou o público para ver o fenômeno mais de perto através de seus equipamentos. Às cinco horas do domingo (08), em frente ao Ginásio do Verdinho, no Bairro CPA I, lá estava Eduardo e o público, admirando a Lua e o planeta Vênus, ou, como conhecemos, a “estrela D’Alva”.

Leia também: Baldaci leva telescópio para praças para 'investigar' alinhamento entre estrelas, lua e planetas

Segundo Baldaci, a lua, o sol e os planetas percorrem uma linha imaginária que chamamos de “eclíptica”. Por vezes, os corpos celestes se alinham ou passam “próximos” um dos outros. Ontem, no entanto, foi um evento especial e um tanto quanto raro.

No sul do país, a Lua ficou totalmente a frente do planeta Vênus, em um fenômeno conhecido como “Ocultação”. Já em outros lugares, como aqui em Cuiabá, a impressão era de que os dois estavam muito próximos. “Mas isso é uma efeito de perspectiva, pois a Lua e Vênus na verdade estão a centenas de milhares de quilômetros longe um do outro”.





Para aqueles que ficaram admirados com a beleza deste fenômeno astronômico, preparem-se porque tem mais! Segundo Baldaci, um cometa está se aproximando do sol e, em outubro, possivelmente conseguiremos vê-lo a olho nu. O fenômeno ainda não está 100% confirmado, mas já causa euforia nos astrônomos do mundo inteiro. “Os cometas são imprevisíveis, mas este já está se comportando de uma maneira específica”, disse.

Seja como for, em outubro teremos mais notícias no cometa matutino que possivelmente admiraremos antes do nascer do sol. Enquanto isso, vejamos as fotos da “Estrela D’Alva” fazendo companhia para a lua.

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet