Olhar Conceito

Segunda-feira, 15 de agosto de 2022

Notícias | Comportamento

TRÊS ANOS NO VELHO CONTINENTE

Casal de cuiabanos larga tudo, migra para Europa e 'bomba' no Instagram compartilhando dicas sobre a vida em Portugal

Foto: Arquivo Pessoal

Casal de cuiabanos larga tudo, migra para Europa e 'bomba' no Instagram compartilhando dicas sobre a vida em Portugal
O casal cuiabano Yeshe Santana e Jeani Emanuelle de Almeida, ambos de 33 anos, deixou a vida na terra natal rumo à Europa para realizar o sonho de ter melhor qualidade de vida, segurança e para buscar uma nova aventura com intuito de "conhecer outros ambientes e explorar outras culturas”.

Há três anos e meio em Portugal, Yeshe já trabalhou em um lar de idosos, foi garçom e passou pelas vendas de porta em porta. Ela como empregada de mesa e empregada de limpeza em um supermercado. Atualmente, estão prestes a completar dois anos em Gandra, no distrito de Porto, onde tiram o sustento trabalhando na Fábrica Hutchinson. O casal optou ainda por criar um perfil de Instagram onde compartilham diariamente suas experiências e rotina como imigrantes para mais de 80 mil pessoas. 

Leia mais: 
"Com sacrifícios temporários, se conquista resultados permanentes", diz cuiabana de 18 anos aceita em 15 universidades dos EUA

Sonho de muitos brasileiros, ganhar a vida no velho continente é missão árdua. A materialização dos objetivos em um lugar tão distante exige estudos, dedicação e muito aprendizado sobre migração – principalmente sobre o país em que se deseja residir.

“Não é só simplesmente comprar a passagem e vir. Tem que pesquisar e estudar sobre o país, a cidade, emprego e valores de arrendamentos ‘aluguéis’ aonde deseja morar”.

A escolha de Portugal levou em consideração a segurança do país, a proximidade com a língua portuguesa, a facilidade para conseguir a cidadania e por ser a porta de entrada para outros países europeus.

 

Apesar das facilidades, da alta qualidade de vida, do poder de compra, da segurança e da educação, o casal pontuou que o país não garante riqueza. Assegura, sim, oportunidades de trabalho e a chance de construir uma vida digna, mesmo com o mínimo. “Não é o paraíso como muitos pensam”.

Dentre as dificuldades e benesses, a mudança para outro país lhe renderam diversos perrengues e eles cometeram vários erros no que diz respeito ao planejamento e o preparo da questão financeira. “No início com pouco dinheiro e arrendando um quarto de casal, quase não tínhamos dinheiro para nos manter. No início, muita sopa com pão”, brincou Yehse em tom de humor, mas com certa precaução para alertar àqueles que desejam migrar.

Além disso, explicou que a principal barreira a ser superada foi sobre a maturidade e o aprendizado em caminhar com as próprias pernas e “se adaptar mentalmente com um país e climas diferentes”. Deixar para trás amigos e a família também foi complicado. Porém, o casal não se arrependeu e tem aproveitado cada momento para alcancar mais sonhos e viver a experiência "de conhecer pessoas diferentes da nossa “terra” e outras culturas distintas de todo o mundo".

Entretanto, Yeshe apontou comodidades e recursos positivos do país, como por exemplo viver dignamente com o mínimo, a tranquilidade de circular pelas ruas com segurança, acessibilidade no transporte público e particular, a possibilidade de conhecer outros países e, principalmente, “conquistar sonhos que no Brasil têm mais dificuldades”.

Agora o casal planeja explorar todo velho continente e já iniciaram a jornada indo até Paris e depois Barcelona. Com a pandemia, fizeram uma pausa nos itinerários. Porém, o plano final é viver no velho continente. Os prováveis alvos de migração para eles são Espanha e Inglaterra, mas ainda não carimbaram a decisão.

"Nos felizmente não nos arrependemos de nada, faríamos de novo e ainda mais, mais cedo do que viemos, sempre estamos com pensamentos e planos de ir mais longe sem pensar no passado e sem se arrepender, na verdade nem dá tempo para tal".


“Cuiabanos na Europa”

Há seis meses, o casal resolveu compartilhar em um perfil de Instagram as experiências, perrengues e êxitos que tiveram e continuam tendo na nova vida. O intuito foi sanar as incertezas, dúvidas, medos, e explicar sobre atitudes corajosas e maneiras simples e fáceis que envolvem a migração para outro continente.

“Então decidimos criar juntos o perfil no Instagram para ajudar a todos que tenham esse sonho de vir pra Portugal, mostrando o caminho com informações e dicas desde o Brasil até sua chegada em relação a documentação em Portugal”.
 


O casal começa os posts nos stories cedo, logo quando acordam para trabalhar, pouco antes das 5h. Os mais de 84 mil seguidores esperam pelas dicas que quase sempre se iniciam com Jeani dando um largo “bom dia família”. Dali em diante, as publicações se desenrolam com informações, referências e experiências vividas pela rotina dos dois, até mais ou menos 23h.  

“O público nosso no Instagram, que consideramos como família, aceitou positivamente porque falamos a realidade e transparência de como é a vida em Portugal. Isso está sendo uma experiência diferente, desafiador e prazeroso de realizar, pois não sabíamos que iríamos alcançar tantas pessoas. O nosso público não é de maioria cuiabanos e sim de todo o Brasil e alguns outros países”.

Preços do país, mentiras que contam sobre Portugal, questões sobre turismo em si, possibilidades para que os recém-chegados não desistam da migração, cidades baratas para se viver, custo de vida para um casal, produtos brasileiros sendo vendidos no país, erros para não ser barrado na imigração são apenas alguns dos conteúdos compartilhados diariamente por Yeshe e Jeani.

Com informações de fácil entendimento e dicas valiosas para quem deseja migrar, o casal destaca um conselho: “o planejamento, estudo e organização para uma mudança, a migração de uma vida em outro país. Não é só simplesmente comprar a passagem e vir. Tem que pesquisar e estudar sobre o país a cidade, emprego e valores de arrendamentos “aluguéis” aonde deseja morar”.

Para ajudar ainda mais os interessados pela vida na Europa, Yeshe e Jeani fizeram um e-book totalmente gratuito com todas as informações e requisitos necessários à migração para o país. “A nossa mensagem é juntar todas essas informações e ajudar a todos que não sabem por onde começar para morar em Portugal”.

 
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet