Olhar Conceito

Terça-feira, 23 de julho de 2024

Notícias | TV

repercussão nas redes

Bella Campos se posiciona contra PL que equipara aborto a homicídio: 'coloca em risco a vida de crianças'

Foto: Reprodução

Bella Campos se posiciona contra PL que equipara aborto a homicídio: 'coloca em risco a vida de crianças'
A atriz cuiabana Bella Campos usou o Instagram para se posicionar contra o  Projeto de Lei 1904/2024, que equipara aborto realizado após 22 semanas de gestação a um homicídio, gerando pena de reclusão de até 20 anos. Em caso de estupro, a alteração abre margem para que a vítima tenha sentença maior que a do estuprador, que pode ficar até 10 anos preso pelo crime. 


Leia também 
Qual livro de MT merece ser 'descoberto'? OC foi atrás da resposta após ‘Brás Cubas’ bombar nas redes por indicação gringa

Em seu perfil, Bella compartilhou um texto do perfil Think Olga, mas acrescentou a preocupação com crianças que, em casos de estupro, podem ser forçadas a levar a gestação adiante. A cuiabana usou uma foto dela mesma durante a infância para ilustrar o posicionamento. 

"Quem são essas meninas? Onde elas moram? A qual classe elas pertencem? Qual a etnia? Quem garante segurança a elas? Quem as educam? Quem as protegem? Quem garante acesso à saúde básica? Quem não cansa de ver seus corpos e mentes sendo violentados constantemente?", escreveu a atriz. 

O deputado federal, pastor Sóstenes Cavalcante (PL/RJ), é o autor do projeto de lei, que foi aprovado pela Câmara em votação relâmpago nessa quarta-feira (12) e tramita em regime de urgência. O texto prevê que, em caso de estupro e viabilidade fetal, a punibilidade não será aplicada. "Se a gravidez resulta de estupro e houver viabilidade fetal, presumida em gestações acima de 22 semanas, não se aplicará a excludente de punibilidade”
 
Entre em nossa comunidade do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet