Olhar Conceito

Notícias / Literatura

cabeça, tronco e rodas

Livro critica tombamento de Brasília e derruba eterno tabu de cidade “cartão postal”

De Brasília – Vinícius Tavares

15 Dez 2013 - 08:57

Foto: Reprodução

Autores afirmam que mentores da capital não levaram em consideração seus habitantes

Autores afirmam que mentores da capital não levaram em consideração seus habitantes

Uma atual, profunda e perspicaz investigação a respeito dos graves problemas urbanos, sociais e ambientais vivenciados diariamente pelos moradores do Distrito Federal em seus 53 anos de história. Esta é a proposta de Brasília – Não vivemos em cartões postais, obra escrita a seis mãos a ser lançada na próxima terça-feira (17.12), na capital de todos os brasileiros.

Com prefácio do jornalista e colunista político Alexandre Garcia, a publicação mostra os problemas vivenciados por uma cidade mal planejada que não para de crescer, apresentando os fatores que evidenciam a perda da qualidade de vida dos seus habitantes e usuários dos serviços públicos urbanos.

Leia mais:
Câmara pode ampliar participação de mídia alternativa em verba publicitária do governo
Prêmio internacional de arquitetura na Inglaterra tem participação de profissional de Cuiabá

A proposta dos autores é a de exercer a responsabilidade civil e transformar emoções e sentimentos negativos em algo que possa ser positivo e útil para o mundo.

“Este livro é uma denúncia a uma cidade que ganhou repercussão internacional como modelo de arquitetura e urbanismo sem ter levado em consideração o objetivo principal de tal empreendimento, que são as pessoas”, argumenta a arquiteta e coautora Ana Fragomeni.

O livro traz fotografias inéditas, além de histórias do início da construção da capital e das mudanças vivenciadas pelos novos moradores.

“Brasília exerce uma influência falsa e em desacordo com a realidade dos que aqui vivem. É preciso derrubar o tabu do cartão postal”, acrescenta.

Tanto é verdade os problemas de planejamento da cidade que o transporte público é considerado péssimo. Não à toa que os brasiliense, pela sua preferência pelos automóveis, são formados por cabeça, tronco e rodas. Brasília – Não vivemos em cartões postais é uma publicação da Editora Gilgamesh. Confira!

Atualizada em 17.12.2013 às 08h35

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet