Olhar Jurídico

Quinta-feira, 17 de outubro de 2019

Notícias / Política de Classe

OAB-MT exige retirada de câmeras do Centro de Custódia onde Silval e Riva estão presos; SEJUDH rebate

Da Redação - Paulo Victor Fanaia

08 Dez 2015 - 10:00

Foto: Ilustração

OAB-MT exige retirada de câmeras do Centro de Custódia onde Silval e Riva estão presos; SEJUDH rebate
A Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Mato Grosso, (OAB-MT) entrou com requerimento nesta segunda-feira (7) junto a Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos (SEJUDH) pedindo a retirada imediata dos equipamentos de gravação de áudio e vídeo do parlatório do Centro de Custódia da Capital (CCC), onde estão presos o ex-governador Silval Barbosa e o ex-deputado José Geraldo Riva. De acordo com os dirigentes da Ordem, as gravações ferem as prerrogativas que garantem um diálogo reservado entre clientes e seus advogados.

Leia mais:
MP quer que Silval, Mauricio e consórcio paguem R$ 80 milhões por atraso no VLT

No requerimento, a Ordem avalia. “Tal procedimento desrespeita os direitos dos advogados avistar-se, pessoal e reservadamente, com seus constituintes, violando suas prerrogativas profissionais”, e citam os incisos X do artigo 5º da Constituição Federal e o artigo 7º, III, da Lei n° 8.906/94 e à inviolabilidade do sigilo profissional.

“Portanto, revela-se intolerável a utilização de gravação de áudio e vídeo nas comunicações entre advogados e clientes, tudo a violar a amplitude do direito de defesa, já que o advogado fica privado da utilização dos meios inerentes ao seu pleno exercício”, registraram os representantes da OAB-MT.

Dentre os advogados que tem seus clientes presos no CCC estão Walber Melo, atual Conselheiro Estadual da OAB-MT, que advoga por Silval Barbosa e José Geraldo Riva, e Ulisses Rabaneda, Secretário Geral Adjunto da Ordem, e que atua na defesa de Silval. 

O outro lado:

Ao Olhar Jurídico o SEJUDH informou, em nome de seu Secretário Márcio Frederico de Oliveira Dorilêo, que as câmeras presentes no presídio não realizam gravações de áudio, logo nenhum diálogo é registrado; o que torna o pedido inconsistente. Explicou ainda que a gravação de imagens das reuniões são feitas com o intuito de preservar a segurança do cliente e do advogado. 

32 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Jurídico. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Jurídico poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • ezequiel paixão
    09 Dez 2015 às 12:05

    Ridículo, simplesmente ridículo, como tudo que vem da OAB. Fico pensando aqui,como deve ser a vida desses advogados na casa deles, com os filhos, com os parentes. Sim, pois ninguém é idiota a ponto de achar que esses ilustres presos são inocentes, e eles ganham a vida com isso. Aí fico imaginando, o cara comprar roupa para os filhos, comida, tudo o que ele tem é fruto do dinheiro que ele ganhou de quem roubou o povo, e com esse roubo muita gente morreu, ficou doente. Parabéns senhores advogados, continuem defendendo esse bandidos e levem esse dinheiro sujo para dentro de suas casas e suas famílias e levarão junto toda a desgraça que tem com eles. Lembrem dessas palavras e daqui a alguns anos verão a desgraça que estrá vossas vidas. Lembrem-se disso.

  • MARCELO AUGUSTO DE OLIVEIRA
    09 Dez 2015 às 11:58

    Agora que viram isso? Quando era o chiquinho quem estava preso a OAB não foi atras para retirar as câmeras, agora que o Francisco está preso a OAB trabalha, é só interesses pessoais em jogo mesmo.

  • taques
    09 Dez 2015 às 11:29

    política e interesses... só e somente só

  • Neide
    09 Dez 2015 às 09:41

    Então tem que tirar de todos....Que negócio que esse??? Não acredito que estou lendo isso....Tenha santa paciência.

  • raimundo sodré
    09 Dez 2015 às 08:09

    Qual a diferença entre Riva ,Sival e os outros presos?

  • Rafael
    09 Dez 2015 às 00:04

    Reunião entre políticos corrúptos e seus advogados só tem armação de versão pra tentar confundir ou enganar a verdadeira elucidação dos fatos.

  • Sebastião
    08 Dez 2015 às 22:32

    Advogados. Sempre buscando um meio de não serem pegos em conluio com seus "clientes". Quem não deve não teme. Que mal tem serem vistos e ouvidos conversarem com os bandidos?

  • Junior Santana
    08 Dez 2015 às 20:27

    Então Antônio, você matou a charada: é assim mesmo que funciona, RIVA está preso com SILVAL, não pode ter câmeras no parlatório. Os demais? Ahhhh balela, eles podem ser filmados! É a mesma história dos autos na distribuição, advoguei, dez anos, sim dez anos, e isso sempre ocorreu e sempre se reclamou na OAB, porém, somente quando o processo no qual RIVA estava preso "parou" na distribuição é que a OAB interveio. Não poderia, mas ali reina a plêiade da hipocrisia.

  • matogrossenseroxo
    08 Dez 2015 às 19:33

    esta filmando para vender para midia kakakak a tudo farinha do mesmo saco

  • EDSON CARLOS
    08 Dez 2015 às 18:35

    É sinistro se não fosse cômico.

Sitevip Internet