Olhar Jurídico

Quarta-feira, 19 de fevereiro de 2020

Notícias / Política de Classe

Em discurso de posse, Campos prega moralização e diz que OAB-MT será intransigente com a corrupção

Da Redação - Túlio Paniago

19 Dez 2015 - 09:33

Foto: Divulgação

Em discurso de posse, Campos prega moralização e diz que OAB-MT será intransigente com a corrupção
Leonardo Campos foi empossado como novo presidente da Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Mato Grosso (OAB-MT) para a gestão 2016/2018. Durante o discurso, na noite de sexta-feira, 18, Campos enfatizou a necessidade de moralização e garantiu que, em relação à corrupção, a Ordem será intransigente.

Leia mais:
Ministério Público constata fraude e pede anulação de concurso

“O Brasil vive uma crise econômica e política, ética e moral. É preciso iniciar um processo inverso. É preciso moralizar. Precisamos resgatar o espírito servidor. Ou seja, a vontade de servir às causas públicas e não de se servir das coisas públicas. A OABMT, nos próximos anos, será intransigente quando o assunto for corrupção”, pontuou.

Ele também admitiu que as “batalhas” não serão fáceis, mas garantiu estar preparado para enfrentá-las. “Vamos aplicar com rigor os valores éticos e morais – respaldados pela lei – isto é, aquilo que for de interesse duvidoso (de interesse não republicano) vamos combater; aquilo que for de interesse do coletivo, terá nossa defesa intransigente”, declarou.

E prometeu trabalhar por todos, tanto os advogados do interior quanto os da capital, defendendo com vigor suas prerrogativas. Para isso, considera imperativo uma OAB mais atuante. “A Ordem não vai se calar, seremos protagonistas de causas e não apenas comentadora de casos”, ratificou.

Parceria com a Justiça

Campos ainda ressaltou que pretende trabalhar em parceria com a Justiça, a fim de proporcionar reais benefícios à sociedade, como, por exemplo, no caso do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT).

Neste contexto, espera que a Ordem faça “cobranças incisivas e a Justiça, com a sensibilidade que requer um julgador, dê a resposta, pois, se houver justiça, tudo funciona: saúde, educação, segurança. A OAB vai cobrar soluções para o VLT, por exemplo. Não podemos pegar R$ 1 bilhão, rasgar e jogar fora”, argumentou.

Diálogos

Durante o discurso, o presidente eleito prometeu uma Ordem mais participativa e aberta ao diálogo. Para isso, “procurará todos os poderes constituídos e se colocará à disposição. Pleitearemos assento em todos os conselhos estaduais e municipais. Esta é uma forma de estar presente e representando a sociedade”, afirmou.

“Vamos convocar também os movimentos sociais (de todos os segmentos) para dialogar dentro da Ordem e – a partir daí – ao identificar os pontos de reivindicação, extrair uma pauta propositiva a Mato Grosso e liderar essas frentes”, acrescentou.

Interior de Mato Grosso

No que diz respeito às subseções do interior, Campos afirmou que vai cobrar do Tribunal de Justiça que não implemente o Processo Judicial Eletrônico (PJe) em cidades onde aos serviços de internet não são adequados. “Vamos nos reunir com as empresas de telefonia e exigir que ofereçam tecnologia para isso”, esclareceu.

Presidente do TJMT


Por sua vez, o presidente do TJMT, desembargador Paulo da Cunha, registrou que pretende manter uma parceria respeitosa. “Peço a todos os advogados que tenham tolerância com os magistrados e a recíproca é verdadeira. Somos homens de boa vontade e podemos alinhavar relações de respeito e cordialidade”, afirmou.

E ainda destacou a importância de trabalharem em conjunto: “Meu maior desejo é que a nova gestão da OAB-MT contribua com ações concretas para o bem de toda a população. Que ambas as instituições denunciem e combatam os maus profissionais”, concluiu.

Vice-presidente da OAB nacional

O vice-presidente da OAB nacional, Cláudio Pacheco Prates Lamachia, brindou à democracia, mas lembrou que o momento não é adequado para comemorações.

“Celebremos o fim de uma gestão e o início de outra. Somos uma OAB de encontro e não de confronto. Ao mesmo tempo em que comemoramos este momento, temos pouco a comemorar pela situação em que o país atravessa”, alertou.

E acrescentou: “Se estamos aqui a saudar a obrigatoriedade da presença do advogado acompanhar os inquéritos, por exemplo, também estamos dizendo que o Brasil precisa de homens e mulheres preparados com as causas da República, comprometidos em servir a nação e não ser servido por ela. Queremos um novo Brasil e se a OAB nunca faltou à sociedade, não faltará agora, pois continuará bradando contra essa crise ética e moral que se instalou”, concluiu.

Nova Diretoria


Foram empossados como vice-presidente da Seccional o advogado Flávio José Ferreira; como secretário-geral, Ulisses Rabaneda dos Santos; secretária-geral adjunta, Gisela Alves Cardoso; e diretor tesoureiro, Flávio Preza Daltro. Também assumiram os conselheiros federais e estaduais.
O advogado Itallo Gustavo de Almeida Leite tomou posse como novo presidente da CAAMT; na vice-presidência assumiu a advogada Xênia Michelle Artmann; Ana Carolina Naves Dias Barchet é a nova secretária-geral, tendo por adjunto o advogado José Luiz de Aguiar Bojikian. A tesouraria da Caixa continuará a ser conduzida por Leonardo de Mesquita Vergani.

Autoridades


Também compuseram o dispositivo de honra o secretário-geral adjunto do Conselho Federal da OAB, Cláudio Stábile Ribeiro; o diretor tesoureiro da OABMT, Cleverson Pintel; o ex-presidente da OABMT, Francisco Faiad; a diretoria na nova Gestão 2016-2018; o presidente do TJMT, desembargador Paulo da Cunha; a presidente do TREMT e ex-presidente da Seccional, desembargadora Maria Helena Póvoas; o promotor de justiça Domingos Sávio Arruda (representando o Ministério Público Estadual); o defensor-geral Djalma Sabo Mendes; o reitor em exercício da Universidade Federal de Mato Grosso, João Carlos de Souza Maia; o procurador-geral do município, Rogério Gallo (representando o prefeito de Cuiabá); presidentes das Seccionais da OAB do Rio de Janeiro, do Distrito Federal, assim como das respectivas CAAs; dentre outras autoridades.

Ainda estiveram presentes presidentes de subseções, de comissões temáticas, conselheiros estaduais e federais da atual gestão da OABMT e representantes de poderes estaduais e municipais.

2 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Jurídico. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Jurídico poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Paulo
    19 Dez 2015 às 17:12

    Frase para OAB : "sempre mais do mesmo"

  • capile
    19 Dez 2015 às 10:10

    Parabéns presidente! Agora sim estou convencido. Ótima gestão e um grande abraço.

Sitevip Internet