Olhar Jurídico

Sábado, 07 de dezembro de 2019

Notícias / Agrário

Justiça acata denúncia e PF prende dois suspeitos de planejar invasão a terra indígena

Da Redação - Lázaro Thor Borges

20 Mai 2016 - 15:50

Foto: Reprodução

Terra indígena

Terra indígena

A Polícia Federal prendeu duas pessoas na manhã desta sexta-feira (20) acusadas de organizar a reinvasão da terra indígena Marãiwatsédé. A prisão ocorreu no município de Alto Boa Vista e os presos já haviam sido denunciados a Justiça Federal em setembro de 2015.

Leia mais: 
MPF investiga suspeita de novas invasões na terra indígena Marãiwatsédé

Outras onze pessoas também foram denunciadas. Segundo a acusação do Ministério Público Federal (MPF) e da Fundação Nacional do Índio (Funai), o grupo é responsável pela prática de diversos crimes durante o processo de desintrusão da terra indígena.

Para tentar preservar o território, os índios xavantes montaram acampamentos no local de possível aglomeração dos invasores e fizeram rondas na região. Em reunião com o novo ministro da justiça no dia 13 de maio, lideranças xavantes indígenas manifestaram sua preocupação com o clima de tensão na terra indígena Marãiwatsédé.

O MPF, a Funai e a Polícia Federal, após diligências na região, pediram na Justiça Federal providências para que cessasse a ação do grupo criminoso. Ao apreciar o pedido, a Justiça Federal considerou haver provas substanciosas de que os suspeitos "sustentam firme e organizado intento criminoso de, muito em breve, promover nova invasão da área".

Para evitar a reiteração criminosa e garantir a ordem pública, a Justiça expediu dois mandados de prisão preventiva, cumpridos nesta manhã em Alto Boa Vista. Forças policiais continuam na região acompanhando a situação.

1 comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Jurídico. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Jurídico poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Laerte Nogueira
    21 Mai 2016 às 19:26

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

Sitevip Internet