Olhar Jurídico

Sexta-feira, 06 de dezembro de 2019

Notícias / Política de Classe

Ministro Edson Fachin assume relatoria da Lava Jato no STF

Da Redação - Paulo Victor Fanaia Teixeira

02 Fev 2017 - 11:03

Foto: Reprodução

Edson Fachin

Edson Fachin

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin, foi sorteado hoje (02) novo relator da “Operação Lava Jato”. Ele ficará responsável decidir sobre todo e qualquer ato envolvendo andamento das investigações, na Corte. Ele substitui o ministro original Teori Zavascki, que faleceu no dia 19 de janeiro, na queda de um avião em Paraty (RJ). A decisão foi assinada nesta quarta-feira (01) publicada na edição desta quinta (02) do "Diário Oficial da Justiça".

Leia mais:
Ex-procurador Chico Lima vai à PGE explicar pareceres ilegais na gestão Silval Barbosa

 
"Consultados os demais Ministros da Primeira Turma, conforme critério de antiguidade, estes declinaram da transferência, razão pela qual defiro o pedido do Ministro Edson Fachin, nos termos dos arts. 13, inc. X, e 19 do RISTF. Publique-se", consta do despacho de Cármen Lúcia publicada no "Diário Oficial da Justiça".

Edson Fachin foi escolhido por meio de sorteio eletrônico do sistema do Supremo, após a presidente da Corte, ministra Cármen Lúcia, ordenar a redistribuição do inquérito que investiga o senador do Alagoas, Fernando Collor (PTC). 

Seguindo o princípio do juiz natural do caso, todos os demais processos relacionados à Lava Jato passam a ser, consequentemente, de responsabilidade do ministro Fachin. Tramitam hoje na Corte cerca de 40 inquéritos e 100 delações premiadas que aguardam homologação. 
 
Participaram do sorteio os ministros Celso de Mello, Dias Toffolli, Gilmar Mendes e Ricardo Lewandowski.  

* com informações da EBC

1 comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Jurídico. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Jurídico poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Davi Cáceres
    02 Fev 2017 às 15:45

    Os petistas acusaram tanto o atual governo de conspiração, quando da morte do ministro Teori Zavasck, mas vejamos, morre o ministro Teori, em seguida o ministro da Dilma - Edson Fachin se voluntaria para trocar de turma no STF e, coincidentemente é sorteado como relator da Lava Jato. Reflitam!

Sitevip Internet