Olhar Jurídico

Domingo, 08 de dezembro de 2019

Notícias / Política de Classe

Grupo de quatro advogados é expulso pelo conselho da OAB de Mato Grosso

Da Redação - Lázaro Thor Borges

17 Fev 2017 - 17:00

Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto

Grupo de quatro advogados é expulso pelo conselho da OAB de Mato Grosso
O Conselho Pleno da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Mato Grosso (OAB-MT) aprovou a exclusão de quatro advogados de seus quadros na primeira reunião do ano, realizada na tarde desta quinta-feira (16). A OAB não divugou os motivos da exclusão. 

Leia mais:
TJ adia pela segunda vez julgamento de juíza que teria fraudado sistema para se beneficiar


Tratam-se de processos que tramitaram no Tribunal de Ética e Disciplina (TED) que, após cumpridos todos os ritos para assegurar a ampla defesa o contraditório, concluiu pela aplicação da penalidade máxima aos profissionais.

Após a conclusão do TED, os processos são submetidos ao Conselho Pleno, instância máxima da OAB-MT.
Contudo, o presidente do TED, João Batista Beneti, explica que mesmo após o Conselho Pleno ter referendado as decisões, ainda cabe recurso junto ao Conselho Federal da OAB.

Desta forma, somente após o trânsito em julgado é que os nomes dos profissionais excluídos serão divulgados.

Até a decisão final, os profissionais ficam suspensos do exercício da advocacia. A lista de profissionais suspensos e excluídos dos quadros da OAB-MT pode ser consultada aqui.

8 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Jurídico. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Jurídico poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • josé a silva
    18 Fev 2017 às 22:33

    E vem a OAB achar ruim e protestar contra aprisão de FAIAD! A expulsão destes quatro é prova inequívoca de existem pilantras e bandidos que se escondem e se ocultam atrás de uma simples carteirinha! FAIAD não é diferente. E tem muito mais aí! E que o corporativismo é forte dentro da OAB.

  • Pagadora de Impostos
    18 Fev 2017 às 08:38

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • Willian
    18 Fev 2017 às 08:14

    OAB-MT é uma piada do judiciário brasileiro!

  • Edilauson Santos
    17 Fev 2017 às 23:34

    Excelente observação, André...enquanto isso, parte da população pode ser lesada por esses profissionais suspensos que podem estar trabalhando de forma clandestina.

  • Pagadora de Impostos
    17 Fev 2017 às 19:07

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • severino
    17 Fev 2017 às 18:30

    Como sempre a mídia resguardando nomes de corruptos,,,

  • André
    17 Fev 2017 às 17:23

    Interessante é que a OAB sempre defendeu que os julgamentos contra MP e Juízes fossem públicos, mas acaba adotando regra contrária...

  • André
    17 Fev 2017 às 17:23

    Interessante é que a OAB sempre defendeu que os julgamentos contra MP e Juízes fossem públicos, mas acaba adotando regra contrária...

Sitevip Internet