Olhar Jurídico

Terça-feira, 17 de setembro de 2019

Notícias / Consumidor

Após denúncia de juiz, MP investiga construtora por 'prática abusiva' em venda de apartamentos

Da Redação - Paulo Victor Fanaia Teixeira

16 Nov 2017 - 16:25

Foto: Divulgação

Imobiliária São José

Imobiliária São José

O Ministério Público Estadual (MPE) instaurou no dia 10 deste mês procedimento preparatório para investigar suposta conduta abusiva por parte da Imobiliária e Construtora São José Ltda. A portaria é assinada pelo promotor Ezequiel Borges de Campos.

Leia mais:
Tribunal de Justiça define calendário de 30 dias de recesso e suspensão de prazos

Conforme a portaria, a investigação preliminar foi instaurada atende a uma denúncia formulada pelo juiz do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) Paulo Roberto Brescovici. Segundo o denunciante, a construtora São José estaria omitindo informações aos consumidores e comercializar, mediante pagamento à vista, apartamentos e salas comerciais sem efetuar a baixa nas hipotecas existentes em favor do agente financeiro das obras.

“Tais fatos configuram, em tese, práticas abusivas que violam os princípios da boa fé, transparência e do direito informação assegurados na Lei 8.078/90, e, se comprovados, exprimem insegurança e vulneram o conjunto de consumidores a elas expostas, razão pelo qual determino as seguintes providências”, consta da portaria.
 
Assim, determina o MPE que configure como investigada a imobiliária, bem como que seja cadastrada a matéria como “Direito do Consumidor. Oferta e Publicidade, Práticas Abusivas”, acrescentada do seguinte resumo: “Procedimento Preparatório – Recusa de informações e comercialização de bens imóveis gravados com hipoteca sem posterior liberação do ônus para escrituração por parte dos adquirentes”.

O outro lado:

Olhar Jurídico tentou entrar em contato com Imobiliária e Construtora São José Ltda. que negou-se a identificar o assessor de imprensa responsável pela empresa. A investigada prometeu entrar em contato com a reportagem e até o momento não o fez.

1 comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Jurídico. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Jurídico poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • jose ricardo
    17 Nov 2017 às 09:21

    Quando se perde dinheiro não tem problema. Trabalha, ganha de novo e paga suas dividas. Quando se perde a vergonha já não tem mais jeito.

Sitevip Internet