Olhar Jurídico

Sábado, 14 de dezembro de 2019

Notícias / Política de Classe

Veja lista de classificados no concurso para juiz leigo do TJMT

Da Redação - Paulo Victor Fanaia Teixeira

23 Mar 2018 - 09:44

Foto: Rogério Florentino/OlharDireto

Veja lista de classificados no concurso para juiz leigo do TJMT
O Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT) publicou nesta quinta-feira (22) o gabarito definitivo e a relação dos candidatos classificados para a segunda etapa do processo seletivo de juiz leigo nas comarcas de Cuiabá e Várzea Grande.

Leia mais:
Nove desembargadores votam por bloqueio de R$ 27 mi de alvos da 'Bereré', mas decisão é adiada
 
Das 20 questões da prova objetiva realizada no dia 28 de janeiro, três foram anuladas, conforme consta do Edital nº. 5/2018 – CGJ, assinado pelo juiz Sebastião de Arruda Almeida, presidente da Comissão de Apoio ao Processo Seletivo. Os candidatos classificados terão corrigidas as provas práticas de sentença.
 
O candidato cujo nome não conste nas listas de classificados poderá interpor recurso contra sua eliminação na prova objetiva nos dias 26 e 27 de março, respeitando o prazo de dois dias úteis após a publicação do edital. Os recursos deverão ser interpostos exclusivamente por meio do endereço eletrônico processo.seletivo@tjmt.jus.br.

 Em caso de dúvidas e informações adicionais, o Departamento de Apoio aos Juizados Especiais (Daje) é o setor responsável. Para mais informações, clique aqui.

2 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Jurídico. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Jurídico poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • César
    23 Mar 2018 às 21:22

    Quer ser juiz vicente?! estude e faça um concurso e não um processo seletivo. Esses juizes leigos tem é que acabar e os juizes Do juizado voltarem a trabalha e não só homologar o que o juiz leigo faz!

  • Vicente Ferretti
    23 Mar 2018 às 13:34

    O poder judiciário é nesse momento desmascarado pela suprema corte, STF. Aqui em Cuiabá, no Tribunal de Justiça não é diferente da suprema corte. São todos ladrões, com um agravante, ser juiz leigo é ser contratado para trabalho escravo. O salário pago a um juiz leigo não dá para sobreviver com dignidade... ou seja, ter que fazer cem sentenças em um mês para vir um juiz de toga, que ganha cem vezes mais, com entendimento distorcido do Direito, com pitadas de psicopatia, validar 50% ou 60% das sentenças elaboradas pelo juiz leigo, o que caracteriza que ser juiz leigo é ser escravo do Tribunal de Justiça.

Sitevip Internet