Olhar Jurídico

Terça-feira, 22 de setembro de 2020

Notícias / Política de Classe

​Leonardo atribui falta de concorrência nas eleições da OAB a 92% de aprovação

Da Redação - Vinicius Mendes

25 Out 2018 - 09:51

​Leonardo atribui falta de concorrência nas eleições da OAB a 92% de aprovação
Com o encerramento do prazo para registro de chapa para a disputa da presidência da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Mato Grosso (OAB-MT), a única chapa registrada foi a do atual presidente da OAB-MT, Leonardo Campos. O advogado atribuiu o fato ao seu trabalho, nos últimos anos, para unir a classe e fazer que participassem mais ativamente da construção da Ordem.

Ele afirmou que encerrará seu atual mandato com 92% de aprovação, mas que mesmo assim não deve desacelerar sua campanha e busca motivar os profissionais a votarem.
 
Leia mais:
Em busca da reeleição, Leonardo Campos registra candidatura na OAB-MT
 
No último dia 22 de outubro Leonardo protocolou na sede da entidade, a chapa em que vai disputar a reeleição. Ele terá como vice-presidente a advogada Gisela Alves Cardoso. Entre suas propostas, Campos explicou que irá continuar a luta a favor das prerrogativas de todos os advogados do estado, batalhar pela segurança dos profissionais em fóruns e cumprir a promessa de contratar um procurador geral para a Seccional de Mato Grosso.

O prazo para o registro se encerrou nesta quarta-feira (24). A única registrada foi a chapa de Leonardo. O presidente atribuiu este fato ao se trabalho nos últimos anos, para unir a classe.

“Quando nós fizemos um compromisso com a advocacia lá em 2015, ainda quando fui candidato, o meu maior desafio, que constava no nosso plano de ações, era a união da advocacia, fazer com que a advocacia retomasse a participação efetiva na construção dos destinos da sua instituição, no caso a OAB, e este foi o grande desafio dos últimos dois anos e dez meses. Nós trabalharmos diariamente para levar o advogado a participar da sua instituição e ajudar a construir os pilares da sua instituição”.

Ele afirmou que, segundo pesquisas nacionais, chega hoje com uma aprovação de 92%. Apesar de ser a única chapa concorrente, Leonardo afirma que o ritmo de sua campanha não diminuirá.

“Nossa estratégia é acelerar cada vez mais. Não é porque é chapa única que nós vamos diminuir o ritmo de campanha, pelo contrário, para nós este é o momento mais importante, momento em que se constrói uma identidade com a advocacia, para gerir os próximos três anos. Nós estamos em uma agenda extremamente acelerada, com bastante compromissos e precisamos falar com o maior número de colegas possível, para que possamos ouvi-los, e assim como foi feito em 2015, construir um plano de gestão que represente os anseios da classe”.

A chapa será analisada pela Comissão Eleitoral hoje (25). Ainda não foi disponibilizado o número de advogados aptos a votar, mas Leonardo afirma que irá buscar incentivar os profissionais a participarem da eleição.

“Por isso a campanha, para levar até o advogado a importância deste momento, do exercício da democracia, do exercício da cidadania, da grande festa democrática da OAB, e ela se faz com a participação efetiva dos advogados e das advogadas”.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet