Olhar Jurídico

Domingo, 26 de janeiro de 2020

Notícias / Eleitoral

Cassação de Bezerra é colocada em pauta no Tribunal Regional Eleitoral

Da Redação - Arthur Santos da Silva

28 Nov 2019 - 09:13

Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto

Cassação de Bezerra é colocada em pauta no Tribunal Regional Eleitoral
O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de Mato Grosso incluiu em pauta para julgamento plenário no dia dois de dezembro a representação que pode cassar o deputado federal Carlos Bezerra (MDB). O caso é relatado pelo juiz Bruno D'Oliveira Marques. A inclusão foi publicada no Diário de Justiça desta quinta-feira (28).
 
Leia também 
Tribunal Superior Eleitoral julga recurso de Selma contra cassação na próxima semana


“De ordem do excelentíssimo relator, ficam intimados os interessados de que o processo em referência foi incluído na pauta da sessão de julgamento que se realizará às 09:00h no Plenário do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso, após o decurso do prazo de 24 (vinte e quatro) horas”, afirma publicação. Conforme contas no interior do processo, a sessão escolhida foi a do dia dois de dezembro.
 
Na ação, o Ministério Público (MPE) alega que, no dia 2 de setembro de 2018, o prefeito de Nova Xavantina (607 km de Cuiabá), em solenidade de entrega de títulos definitivos de propriedade junto do Incra, utilizou-se do fato para promover a então candidatura de Bezerra. 

Segundo o órgão ministerial, o prefeito fez uso da palavra e salientou a gratuidade do registro das matrículas dos novos imóveis rurais, rendendo homenagens a Bezerra, vinculando o seu mandato parlamentar à obtenção daqueles títulos por aquelas pessoas e pedindo expressamente voto.
 
Além de Bezerra, João Batista Vaz da Silva (prefeito de Nova Xavantina) é parte no processo.

5 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Jurídico. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Jurídico poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Curioso
    28 Nov 2019 às 13:54

    HORA QUE ACABAR O MANDATO DELE AÍ SIM VAI SER CASSADO , A JUSTIÇA NOSSA É MUITO EFICAZ

  • EM FIM
    28 Nov 2019 às 13:36

    ÔBA! ANTES TARDE DO QUE NUNCA...

  • San
    28 Nov 2019 às 13:05

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • Zeca
    28 Nov 2019 às 11:29

    Esse sujeito precisa ser cassado! Só faz leis de maldade contra as pessoas de bem. Nada que seja útil para o Brasil e Mato Grosso.

  • CHIRRÃO
    28 Nov 2019 às 11:25

    O GLÓRIA..VAMOS NOS LIVRAR DISSO AI..

Sitevip Internet