Olhar Jurídico

Quarta-feira, 26 de fevereiro de 2020

Notícias / Criminal

Juiz recebe denúncia contra bombeiros acusados de comercializar materiais de curso de formação

Da Redação - Vinicius Mendes

08 Jan 2020 - 09:05

Foto: Rogério Florentino / Olhar Direto

Juiz recebe denúncia contra bombeiros acusados de comercializar materiais de curso de formação
O juiz Marcos Faleiros da Silva, da 11ª Vara Criminal Especializada da justiça Militar, recebeu a denúncia contra dois membros do Corpo de Bombeiros, o tenente-coronel Licínio Ramalho Tavares e o segundo tenente José Ribamar dos Reis Marinho, pelas acusações de comercialização de materiais de uso obrigatório para alunos do 16º Curso de Formação de Soldados Bombeiro Militar. A audiência foi agendada para o próximo dia 7 de maio.
 
Leia mais:
Policial expulso por acusação de estupro é reintegrado às fileiras da PM após decisão
 
Os dois militares foram denunciados pelo Ministério Público de Mato Grosso (MPMT) em 2019 pelo exercício de comércio por oficial em serviço, crime previsto no artigo 204 do Código Militar. Ao serem interrogados, os denunciados confirmaram a participação e intermediação na negociação.
 
A denúncia foi recebida pelo juiz Marcos Faleiros ainda no ano passado, por considerar que não há fatos que justifiquem a rejeição da denúncia. A Sessão de Instrução e Julgamento foi agendada para o dia 7 de maio de 2020, às 14h.
 
A denúncia
 
Licínio Ramalho Tavares era coordenador do curso e José Ribamar dos Reis Marinho instrutor das disciplinas de “Salvamento em altura estágio de prevenção e Combate a Incêndio Florestal”.
 
Os dois, segundo o Ministério Público, aproveitaram as funções que exerciam para vender aos alunos os materiais exigidos para a realização das aulas práticas como óculos, mosquetões, capacete, luva de raspa, cabo da vida, kit de salvamento, entre outros.
 
A denúncia relata que depoimentos de pelo menos 20 alunos confirmaram que os militares exigiram que os materiais de uso obrigatório fossem padronizados, dificultando a aquisição em outro lugar. Além disso, “aqueles que adquirissem com a coordenação os materiais e não honrassem com a data de pagamento, sofriam ameaças de punição”.
 
Os materiais comercializados, conforme apurado durante inquérito policial militar, tiveram um custo de aproximadamente R$ 850,00. Interrogados, os denunciados confirmaram a participação e intermediação na negociação.
 
Um deles, inclusive, confessou o ilícito e firmou Termo de Ajustamento de Conduta com o Ministério Público, na área cível, comprometendo-se a promover o pagamento no valor de R$ 24.222,30, a título de multa e reparação pelo valor então auferido.

5 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Jurídico. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Jurídico poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • José
    09 Jan 2020 às 20:17

    Quando a denunciada pela morte do Rodrigo Claro será punida? Espero que a Justiça Militar condene a Tenente, inclusive com a perda do cargo público. Esse Corpo de Bombeiros é uma vergonha! Atenção, Governador Mauro Mendes, dá uma olhada nas atividades desse pessoal!.

  • Obama
    08 Jan 2020 às 17:15

    Quanta podridão dentro dessa gloriosa Corporação, na verdade sempre existiu a diferença é q a imprensa e a sociedade matogrossense nunca souberam, os Comandantes sempre abafavam os casos. E agora José? A casa caiu e se investigar um pouco mais, mais coisa errada aparecerá.

  • Pedro Pereira dias
    08 Jan 2020 às 13:42

    Na minha opinião tudo isto ai que intima os militares que repassaram por valor aos alunos se não foi super faturado não tem nada a ver e o matendeu o curso penso eu contestar.

  • Araponga 7007 Rondonópolis
    08 Jan 2020 às 11:37

  • Rodrigo
    08 Jan 2020 às 10:37

    E esse dinheiro? Vai ser investido no Corpo de Bombeiros!??

Sitevip Internet