Olhar Jurídico

Domingo, 16 de fevereiro de 2020

Notícias / Geral

TJ homologa licitação para climatização e reforma do Fórum de Cuiabá por R$ 15,4 milhões; veja projeto

Da Redação - Arthur Santos da Silva

08 Jan 2020 - 11:44

Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto

Divulgação

Divulgação

O desembargador Carlos Alberto Alves da Rocha, presidente do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT), homologou licitação para climatização do Fórum de Cuiabá, adequação às normas de acessibilidade e modernização da fachada principal.

Leia também 
Juiz manda soltar jovem que confessou ter matado jornalista a pedradas

 
A empresa vencedora do certame, Construtora e Locadora Duarte Ltda, apresentou proposta de R$ 15,4 milhões. Estão previstos ainda construção de muro no perímetro do terreno que abriga o Fórum e instalação dos sistemas de proteção contra descargas atmosféricas. O valor homologado fica abaixo do estimado pela administração do Fórum, fixado no importe de R$ 15,7 milhões.
 
Conforme informado pela assessoria de imprensa do Poder Judiciário, a obra já foi iniciada e tem prazo de conclusão 240 dias. A homologação da licitação foi publicada no Diário de Justiça desta quarta-feira (8).
 
O fórum foi construído em 2005 com uma disposição parcialmente aberta de forma que pudesse ser sustentável. Entretanto, o Poder Judiciário percebeu a necessidade de tornar o espaço mais confortável a magistrados, servidores e operadores da Justiça. Atualmente o fórum recebe cerca de duas a três mil pessoas diariamente em Cuiabá.
 
A climatização vai atender anseio dos advogados que trabalham em Cuiabá. o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil em Mato Grosso (OAB-MT), Leonardo Campos, chegou a entregar documento à presidência do Tribunal resultado da campanha “Climatize Já”, contendo cerca de quatro mil assinaturas.

9 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Jurídico. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Jurídico poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • paulo roberto
    08 Jan 2020 às 21:08

    É muito dinheiro do duodécimo, e aí eles não sabem o que fazer com as sobra da grana, gastam além da imaginação, agora como gostam de gastar.... trabalhar que é bom, nada....São verdadeiros marajás, mas como gostam de didim........

  • Maria
    08 Jan 2020 às 19:58

    Quem vai querer sentar naquela área descoberta no sol lascado de Cuiabá? Área desnecessária.

  • Aderbal Siqueira
    08 Jan 2020 às 18:39

    Vão acabar com a SAUNA. Só quem teve o desprazer de andar pelo Fórum sabe.

  • Luciano
    08 Jan 2020 às 17:16

    Com esse valor constrói um novo, claro se não houver desvios .

  • Curioso
    08 Jan 2020 às 14:12

    E LA VAI DIM DIM

  • dirce
    08 Jan 2020 às 14:07

    Todas as salas do fórum são climatizados todos os auditórios são climatizadas querem agora climatizar os corredores Isso é um absurdo tem todo esse dinheiro por conta do lombo dos Servidores do executivo eu tenho nojo desse judiciário

  • Cabeção de Toga
    08 Jan 2020 às 12:37

    Vão se fu... e o calor na ruas dessa cidade infernal?

  • alexandre
    08 Jan 2020 às 12:18

    Outra obra faraonica ?

  • DIOGO
    08 Jan 2020 às 12:15

    Tá sobrando dinheiro no judiciário e legislativo.... e falta dinheiro pro povão q paga imposto indecente para os marajás

Sitevip Internet