Olhar Jurídico

Terça-feira, 11 de agosto de 2020

Notícias / Civil

MP investiga licitações que somam R$ 72 milhões vencidas por construtoras ligadas a deputado

Da Redação - Arthur Santos da Silva

13 Jul 2020 - 15:22

Foto: Rogério Florentino/ Olhar Direto

MP investiga licitações que somam R$ 72 milhões vencidas por construtoras ligadas a deputado
O Ministério Público de Mato Grosso (MPE) abriu quatro investigações no mês de julho para apurar licitações da prefeitura de Rondonópolis (212 km de Cuiabá) vencidas pelas construtoras Tripolo e Deterra.

Leia também 
Cuiabá entra com terceiro recurso no STF contra a quarentena obrigatória

 
A somatória das licitações, segundo o MPE, ultrapassa o montante de R$ 72 milhões. Ainda segundo o órgão ministerial, são sócios das empresas pessoas ligadas ao deputado estadual Ondanir Bortolini, o Nininho (PSD).
 
Quatro licitações são citadas. A concorrência pública nº17/2020, que teve por objeto a pavimentação asfáltica e drenagem de águas pluviais em diversas ruas e avenidas dos dairros Jardim Morumbi, Residencial Maria Tereza, Cidade Salmen, Residencial Maracanã, no valor de R$ 19 milhões; concorrência pública nº18/2020, que teve por objeto a pavimentação asfáltica tipo e drenagem de águas pluviais e recapeamento localizado nas avenidas Binários Sul e Norte, acesso ao Bairro Alfredo de Castro, Celina Bezerra e Avenida Daniel Clemente, no valor de R$ 7 milhões.
 
Ainda a concorrência pública nº19/2020, que teve por objeto a pavimentação asfáltica e drenagem de águas pluviais em diversas ruas e avenidas do Bairro Sagrada Família, no valor de R$ 21 milhões; e a concorrência pública nº21/2020, que teve por objeto a pavimentação asfáltica e drenagem de águas pluviais em diversas ruas e avenidas dos Bairros Parque Universitário, Jardim Paineiras e Jardim Oásis, no montante de R$ 24 milhões.
 
As investigações foram abertas pelo promotor de Justiça Wagner Antonio Camilo.

12 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Jurídico. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Jurídico poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • JOSE SANTANA
    14 Jul 2020 às 09:33

    Enquanto tiver eleitores que vendem seus votos , a politica sempre será um balcão de negocios , onde os interesses pessoais sobre põe o interesse dos menos favorecidos.

  • Roberto
    14 Jul 2020 às 07:20

    E só perceber que o atual deputado nunca fez um discurso de oposição em nenhum dos seus mandatos, a não ser qdo o estado atrasa seus pagamentos... SIMPLES ASSIM, só não ver quem não quer

  • Rodolfo Sampaio
    14 Jul 2020 às 06:48

    Porque o MP não da uma olhadinha na Construtora do Presidente da asembléia (botelho). Da construtora do Deputado Carlos Avalone. Toma vergonha MP, adota o velho ditado caipira, " Pau que bate em Chico, bate em Franscisco"

  • Antonio luiz
    13 Jul 2020 às 21:31

    A construtora do filho dele recebeu 15 milhões em incentivo fiscal!!! Pra que dar 15 milhões em incentivo para uma construtora??? Tem q devolver esse dinheiro!!! Cadê o MP??? Cadê o CNJ no tribunal de justiça isso sim!!! Cara usa mandato pra destinar emendas para a construtora do filho!!! Ai é fácil né!!!fratello de avalone tbm..nhambiquara do botelho tbm!!! Ai é fácil...cade a porcaria do MP??COLOCA RSSE POVO PRS TRABALHAR ORLANDO PERRI!!!

  • licitacoes
    13 Jul 2020 às 21:10

    PARABENS PELAS INVESTIGACOES. NO MOMENTO ATUAL, GOSTARIA DE VER TAMBEM INVESTIGOES EM BURACOS MAIS FUNDOS E SUJOS, COMO DA SAUDE, ESTAMOS VENDO QUE TEMOS UMA INFRAESTRUTURA PESSIMAS, POR ANOS, AS LICITACOES NA SAUDE DE CERTAS OSS ESTAO SENDO CERBRADAS A ANOS, PODERIAM ESTAR LIGADAS A CHEFIA DAS CONTAS? EM QUE AREAS DA MEDICINA ONDE MAIS OCORRE DESVIOS QUE FRATURAM O ORCAMENTO ? HOSPITAIS, PASSEM NAS AREAS ADMINISTRATIVAS, 100RS PARA QUEM ACHAR UM CONCURSADO E -10 PARA QUEM ACHAR UMA LOIRA, DE CALCA JUSTA CONHECIDA DO TAL. MA VA, TUDO CULPA DO....

  • Eleitor
    13 Jul 2020 às 19:34

    O problema não é investigar o problema é punir.. Veja que o Ex- Governador delatou que a concessão da MT- 130 , foi ganho pela empresa do deputado porque pagou propina e mesmo com a delação nada aconteceu o pedágio continua funcionando e explorando os usuários normalmente. Portanto, o povo já esta cansado dessas investigações e ver os bacanas delatados ai numa boa e rindo da cara do povo...

  • Jorge
    13 Jul 2020 às 19:26

    Ainda vai investigar ? Kkkkkkk

  • jc
    13 Jul 2020 às 19:22

    Faz tempo que este cara esta envolvido em trapaças e o duro que ninguem faz nada? O cara é ficha suja e ainda é Deputado???

  • Saulo
    13 Jul 2020 às 18:55

    Isso aí nunca vai mudar, entra governo sai governo e os deputados empreiteiros continuam encostados, o dinheiro fala mais alto, no Brasil as penas para corruptos e corruptores e muito branda, tanto e que continuam fazendo.

  • Márcio
    13 Jul 2020 às 18:25

    Deputado falastrão vai ter que se explicar

Sitevip Internet