Olhar Jurídico

Quinta-feira, 29 de outubro de 2020

Notícias / Eleitoral

PSDB de Leitão aciona Carlos Fávaro por propaganda eleitoral antecipada

Da Redação - Arthur Santos da Silva

21 Set 2020 - 09:36

Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto

PSDB de Leitão aciona Carlos Fávaro por propaganda eleitoral antecipada
O PSDB propôs representação eleitoral por prática de propaganda eleitoral antecipada em face de Carlos Fávaro (PSD), senador interino e candidato no pleito suplementar. Ação será julgada pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MT).

Leia também 
Alvo de pedido de cassação, Avalone crê em manutenção do mandato: 'os recursos não eram meus'
 

O PSDB relata que Carlos Fávaro tem publicado e impulsionado massivamente vídeos e fotos nas suas redes sociais (Facebook e Instagram) com nítido caráter eleitoral em período vedado pela legislação.
 
O partido requer a concessão de liminar para determinar a imediata retirada das propagandas eleitorais da página do perfil pessoal do representado nas redes sociais, bem como que seja determinado que Fávaro se abstenha de patrocinar (impulsionar) postagens em suas redes sociais no período da pré-campanha, ou seja, até dia 26 de setembro de 2020.
 
O juiz-membro do TRE, Sebastião Monteiro, recebeu a representação e determinou encaminhamento ao desembargador Sebastião Barbosa Farias. Segundo esclarecido, Farias já relata ação semelhante proposta pelo Partido Democrático Trabalhista.
 
“No caso em exame, embora não tenha identidade de partes, ambas as ações têm em comum a mesma causa de pedir, isto é, o suposto uso massivo da ferramenta de “impulsionamento” pago nas redes sociais (Facebook e Instagram), razão pela qual entendo que há conexão das presentes ações, cujos julgamentos deverão ser realizados em conjunto para evitar decisões conflitantes ou contraditórias”, decidiu Monteiro.
 
O PSDB, que também está concorrendo na eleição suplementar, lançou a pré-candidatura de Nilson Leitão ao senado.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet