Olhar Jurídico

Segunda-feira, 19 de outubro de 2020

Notícias / Criminal

Juíza marca audiência em ação contra delator premiado acusado de fraude em postos

Da Redação - Arthur Santos da Silva

21 Set 2020 - 14:10

Juíza marca audiência em ação contra delator premiado acusado de fraude em postos
A juíza Ana Cristina Silva Mendes, da Sétima Vara Criminal de Cuiabá, designou para o dia seis de outubro uma audiência em processo movido pelo Ministério Público de Mato Grosso (MPE) contra o empresário e delator premiado na Operação Ararath, Junior Mendonça. Ele é acusado por fraudar duas bombas de combustíveis em posto da rede Amazônia Petróleo. 

Leia também 
Juiz reajusta bloqueio e libera R$ 72 milhões de Marcel de Cursi

 
Ainda conforme Ana Cristina, a audiência será virtual, por meio de videoconferência. Segundo o Ministério Público, bombas vistoriadas durante as operações intituladas "Clone" e "De Olho na Bomba" estavam dispensando volume menor de combustível que o indicado na referência medidora.
 
Conforme laudo técnico, a irregularidade nas bombas causava um prejuízo ao consumidor na quantidade de 140 ml a cada 20 litros de combustível. A denúncia foi recebida pelo juízo da Sétima Vara Criminal de Cuiabá no dia 16 de outubro. Na data, houve determinação de defesa prévia.
 
Junior Mendonça
 
Junior Mendonça é um dos principais delatores premiados na Operação Ararath, que investiga instituição financeira à margem do que é considerado legal.
 
Os postos de combustíveis de Junior Mendonça constituíam fonte de empréstimos para uma conta corrente paralela que atendia a nomes como o do ex-governador Silval Barbosa e do ex-deputado estadual José Riva.   

Comentários no Facebook

Sitevip Internet