Olhar Jurídico

Quinta-feira, 04 de março de 2021

Notícias / Civil

Procuradora da República abre procedimento para acompanhar obras do Hospital Central

Da Redação - Arthur Santos da Silva

18 Jan 2021 - 09:14

Foto: Mayke Toscano/Secom-MT

Procuradora da República abre procedimento para acompanhar obras do Hospital Central
Procuradora da República, Denise Nunes Rocha Müller Slhessarenko determinou a instauração de procedimento administrativo com a finalidade de acompanhar acordo judicial para a conclusão das obras do Hospital Central em Cuiabá. Informação consta no Diário Oficial do Ministério Público Federal desta segunda-feira (18).

Leia também
Lúdio Cabral recorre de decisão para garantir adiamento do Enem

 
Conforme esclarecido, o MPF e o estado celebraram acordo perante a 3ª Vara Federal da Seção Judiciária de Mato Grosso, prevendo a construção da “Cidade da Saúde” no terreno no qual se localiza a obra inacabada do antigo Hospital Central, abrigando o CRIDAC (Centro de Reabilitação Integral Dom Aquino Corrêa), o CERMAC (Centro Estadual de Referência em Média e Alta Complexidade), o MT Laboratório, a Central de Regulação do SUS e o Hospital Materno Infantil.
 
Conforme assessoria de imprensa da Secretaria Estadual de Saúde (SES), o Governo de Mato Grosso deu a ordem de serviço para o Consórcio LC Cuiabá iniciar as obras do Hospital Central de Alta Complexidade, em Cuiabá, que estavam paralisadas há mais de 30 anos. 
 
A ação integra o Programa Mais MT, que destina aproximadamente R$ 1,18 bilhão à Saúde Pública de Mato Grosso. Com o hospital, a gestão do Estado estima oferecer 1.990 internações, 652 cirurgias, 3.000 consultas especializadas e 1.400 exames por mês.
 
Redesenhado pela atual gestão da Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT), o novo projeto prevê o acréscimo de 23 mil m² à estrutura antiga e contará com o total de 32 mil m² de área construída, sendo que os 9 mil m² do prédio antigo serão aproveitados. 
 
O investimento será de R$ 92.920.748,17 somente na construção do hospital, que conta com um cronograma de aproximadamente 22 meses de execução, com previsão de entrega para novembro de 2022. A proposta apresentada pelo Consórcio LC Cuiabá, vencedor da Concorrência nº 002/2020, foi 20% menor do que a previsão inicial, cujo valor era de R$ 113.977.878,18 para a construção e ampliação.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet