Olhar Jurídico

Segunda-feira, 21 de junho de 2021

Notícias / Criminal

ação contra os pais

Adolescente que matou amiga no Alphaville é inquirida por videoconferência

Da Redação - Arthur Santos da Silva

04 Mai 2021 - 17:27

Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto

Adolescente que matou amiga no Alphaville é inquirida por videoconferência
Adolescente  B.O.C., responsável por matar a amiga Isabele Guimarães Ramos, de 14 anos, com um tiro na cabeça no condomínio Alphville, em Cuiabá, será ouvida por videoconferência no dia 31 de maio.

leia também
Alvo de operação contra policiais civis e militares tem prisão convertida para domiciliar

 
Audiência ocorrerá na ação na Oitava Vara Criminal de Cuiabá em que os pais da menor atiradora respondem por suposta prática dos crimes de homicídio culposo, entrega de arma de fogo a pessoa menor, fraude processual e corrupção de menores.
 
“Tendo em vista que a testemunha [...] encontra-se internada em decorrência dos fatos relacionados à presente ação penal, proceda-se à sua intimação e requisição a fim de que seja inquirida, por videoconferência, por ocasião do ato assinalado para o dia 31.5.2021”.
 
Dois dos processos sobre a morte já foram sentenciados. Internação imposta em face da adolescente  B.O.C. vale por tempo indeterminado. Conforme sentença assinada pela juíza Cristiane Padim da Silva, da 2ª Vara Especializada da Infância e Juventude de Cuiabá, a medida socioeducativa será reavaliada semestralmente.

Ainda conforme sentença, a internação foi aplicada levando em conta a prática do ato infracional equiparado ao crime de homicídio qualificado em face de Isabele Guimarães Ramos. Há nos autos o esclarecimento de que o prazo da medida socioeducativa não pode ultrapassar três anos.
 
A 2ª Vara Especializada da Infância e Juventude também sentenciou o adolescente G.A.S.C.C. pelo ilícito análogo ao delito de porte ilegal de arma de fogo. Ele portou e transportou para a residência da sua namorada a arma usada para matar.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet