Olhar Direto

Sexta-feira, 24 de maio de 2019

Notícias / Copa 2014

Governo de MT entrega projetos pró-copa 2014 ao Ministro das Cidades

Da Redação/MC/Com Assessoria

28 Jan 2009 - 21:19

O governador do Estado, Blairo Maggi, reafirma o interesse e o compromisso em fazer de Cuiabá uma das sub-sedes da Copa de 201. Com esse objetivo, a delegação mato-grossense, composta pelos secretários da Casa Civil do Governo de Mato Grosso, Eumar Novacki, e de Turismo, Yuri Bastos, entregou nesta quarta- feira (28.01), ao ministro das Cidades, Marcio Fortes de Almeida, os pré-projetos de mobilidade urbana para o município de Cuiabá. A intenção é incluir essas ações entre as obras de infra-estrutura que serão realizadas por ocasião da Copa do Mundo que acontecerá em 2014. A capital mato-grossense é uma das favoritas ao posto de cidade sub-sede do Mundial e já apresenta forte potencial para atrair um evento dessa magnitude.

“O Governador Blairo Maggi pode continuar contando com o ministério das cidades, pois, faremos de tudo para levar a Copa para Cuiabá. Somos amigos de longa data e iremos realizar todas as obras necessárias para que isso aconteça", garantiu o ministro das Cidades, Marcio Fortes.

Os pré-projetos apresentados ao ministro tratam da estruturação do sistema de transporte coletivo de Cuiabá, que inclui a ampliação dos terminais urbanos e a construção de corredores exclusivos para ônibus na área urbana da cidade. Também estão previstas a implantação de um trem de superfície, que deve ligar o Centro de Treinamento ao estádio e a elaboração do Plano Diretor de Transporte e Mobilidade Urbana da Capital.

A proposta do Governo do Estado de Mato Grosso prevê ainda, a duplicação da Ponte Mário Andreazza, que liga o aeroporto ao estádio e às principais avenidas da capital. O fechamento do Córrego do Barbado também está incluído entre outras obras de infra-estrutura. O custo estimado para o conjunto de obras dos projetos está orçado em R$ 250 milhões. “O Governo do Estado se compromete desde já a entrar com contrapartida de 20% do valor total, ou seja, R$ 50 milhões de reais”, afirmou o secretário-chefe da Casa Civil do Governo, Eumar Novacki.

A FIFA deve anunciar quais cidades serão sede da Copa do Mundo de 2014, em março deste ano. Até lá as cidades que concorrem ao pleito apresentam seus atrativos, diferenciais, potenciais turísticos e projetos que visam atender as exigências da Fifa. Acompanhou a delegação de autoridades mato-grossenses o secretário-executivo do Ministério das Cidades, Rodrigo Figueiredo.
Sitevip Internet