Olhar Direto

Sexta-feira, 30 de outubro de 2020

Notícias / Ciência & Saúde

Secretaria de Saúde destaca a importância do farmacêutico

Da Redação/Com Assessoria

21 Jan 2009 - 05:02

A farmácia ocupa um importante papel na promoção da saúde. No Sistema Único de Saúde (SUS) de Cuiabá, o Almoxarifado Central da Secretaria de Saúde de Cuiabá (SMS), local em que todo o medicamento disponível na rede é acondicionado, o trabalho de aquisição e distribuição dos remédios é feito de maneira contínua e diferenciado.

Outro local importante e que contribui para a promoção da saúde em Cuiabá é a Farmácia Popular, local em que o usuário do sistema SUS pode encontrar medicamentos até 90% mais baratos que na rede privada.

Para o funcionamento adequado desse sistema, a figura do profissional – responsável por elaborar a lista de medicamentos e orientar sobre o uso adequado desses produtos – é de extrema importância. E hoje (20-01), data em que se comemora o Dia do Farmacêutico, a SMS destaca o papel ilustre que esses profissionais ocupam no cotidiano do SUS.

Conforme a gerente de Assistência Farmacêutica da SMS, Sonia Maria Rodrigues de Melo Silva, que é a farmacêutica e bioquímica, além de orientar os pacientes sobre o uso adequado dos remédios, o profissional tem a função de acompanhar a compra e estocagem dos medicamentos. “Aqui, a gente possui um sistema altamente climatizado que permite a manutenção da validade dos medicamentos”, explica Sonia sobre o sistema de climatização do Almoxarifado Central.

Segundo Sonia, a Secretaria de Saúde segue orientação do Ministério da Saúde (MS), que criou um ciclo de assistência farmacêutica. “Há todo um processo que visa a promoção da saúde, que vai desde a lista de aquisição de medicamentos à distribuição que é feita em toda rede básica, secundária e terciária”, diz.

A gerente explica que a política de medicamentos da SMS consiste na seleção dos produtos, no calendário de aquisição, armazenamento (seguindo as determinações do MS), distribuição, de acordo com a demanda (Centros de Saúde, unidades do Programa Saúde da Família – PSF, e Pronto Socorro), e então, a utilização, prescrição e dispensa dos medicamentos. “E a responsabilidade disso tudo é do farmacêutico, que acompanha todas essas etapas”, afirma Sonia.

Para a farmacêutica Carla Cenira de Souza Silva, responsável técnica pela Farmácia Popular, as pessoas tem muita dúvida no momento de adquirir um medicamento. “Às vezes eles tem dúvida sobre a dosagem, e o nosso papel é informar a quantidade adequada prescrita na receita e orientar sobre o uso correto do medicamento”.
Sitevip Internet