Olhar Direto

Sábado, 27 de fevereiro de 2021

Notícias / Brasil

Lula critica prefeitos que anunciaram corte de gastos ao assumir

G1

02 Jan 2009 - 22:40

De férias com a família em Fernando de Noronha (PE), o presidente Luiz Inácio Lula da Silva criticou nesta sexta-feira (2) os prefeitos que anunciaram cortes de gastos ao assumirem o mandato na quinta (1º). De acordo com Lula, os prefeitos não podem paralisar obras porque são elas que vão gerar emprego e renda para os municípios.

“Eu vi alguns discursos de prefeitos dizendo que iriam fazer contenção no custeio. Custeio não é investimento. Agora, se o prefeito tiver uma obra e ele resolver parar, eu pergunto: qual o dinheiro melhor empregado do que numa obra? Porque a obra vai trazer benefício pra comunidade, ela vai gerar emprego, vai distribuir renda e, consequentemente, mais renda para o município”, disse.

O prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, anunciou na quinta, no primeiro discurso, contenção de despesas no novo mandato, assim como o novo prefeito do Rio, Eduardo Paes, que anunciou cortes de R$ 1,5 bilhão. Prefeitos de Salvador, Recife e Curitiba também falaram em contenção de despesas. 

Para o presidente, a crise financeira deve ser combatida com mais investimentos em infraestrutura.

“Acho que nenhum prefeito e nenhum governador e muito menos o governo federal deva parar qualquer obra de investimento na área de infraestrutura. Eu já disse que no governo federal nós vamos combater essa crise internacional fazendo mais investimento, fazendo mais rodovia, mais ferrovia, mais escola, porque é assim que a gente combate a crise”.

De acordo com Lula, o país deve se preparar para quando a crise acabar, sob pensa de perder “o trem da história”. O presidente reafirmou que os países ricos têm muito mais interesse em resolver a crise, já que estão em recessão.

“Eu tenho dois anos de governo e eu quero aproveitar esses dois anos para provar que a minha tese está certa. Ou seja, contra a recessão, contra o desemprego e contra a crise internacional, mais investimento, mais emprego e mais renda”, disse Lula.

Sitevip Internet