Olhar Direto

Quarta-feira, 17 de agosto de 2022

Notícias | Cidades

Comunidade árabe-mulçumanda de Cuiabá faz protesto contra guerra

A comunidade árabe-mulçumana de Cuiabá fará um protesto na praça Alencastro, contra o que eles chamam de "genocídio de Israel contra a população palestina da Faixa de Gaza". A manifestação está marcada para às 11h30 desta quarta-feira (14).

Iniciado no dia 27 de dezembro do ano passado, o atual ataque israelense à Faixa de Gaza é um dos mais violentos desde a Primeira Intifada (revolta), entre 1987 e 1991 e já deixou mais de 700 mortos e 3.100 feridos. Do lado de Israel, ao menos 12 pessoas morreram, entre civis atingidos por foguetes e militares caídos em combate.

O grupo radical Hamas, que controla a região da Faixa de Gaza, declarou o fim de uma trégua com Israel em 19 de dezembro de 2008, e militantes aumentaram ataques com foguetes. Em resposta, Israel lançou um ataque que matou mais de 195 pessoas em Gaza apenas no primeiro dia. 

O Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) informou nesta terça-feira (14) que, até o dia anterior, pelo menos 275 crianças e 85 mulheres haviam morrido vítimas dos ataques de Israel a Gaza.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui
Sitevip Internet
x