Olhar Direto

Quinta-feira, 05 de agosto de 2021

Notícias | Cidades

Imprudência dos motoristas é principal causa de acidentes no feriadão, aponta PRF

A imprudência dos motoristas, somada às chuvas que atingiram principalmente as regiões Sul e Sudeste do país foram as principais causas do aumento no número de mortes, acidentes e feridos durante os 15 dias da operação Fim de Ano da Polícia Rodoviária Federal (PRF), em relação ao feriadão da passagem de 2007 para 2008.

Apesar das chuvas, os radares da PRF registraram quase 100 mil veículos em excesso de velocidade, 80% deles nas regiões Sul e Sudeste. No período de 20 de dezembro de 2008 a 4 de janeiro deste ano, formam emitidos 71 mil autos de infração, o que corresponde a um crescimento de 8,9% em relação a igual período anterior.

Para o assessor nacional de comunicação da PRF, Alexandre Castilho, os motoristas aproveitam as melhorias nas estradas do país para acelerar mais e acabam se envolvendo em acidentes.

“As estradas hoje estão melhores do que há cinco anos. Entre as capitais temos rodovias bem pavimentadas. Infelizmente, o motorista não tem utilizado isso para benefício próprio. Ele acelera mais, ultrapassa mais em locais proibidos. Se é autoconfiança, se é irresponsabilidade, desconhecimento do ambiente rodoviário, não podemos dizer. Mas, certamente, o motorista tem papel definitivo e decisivo na ocorrência dos acidentes”, argumentou Castilho.

Para o inspetor Alvares Simões, da Coordenação de Operações da PRF, o motorista precisa ter consciência do seu papel na segurança do trânsito. “A imprudência é a campeão das causas dos acidentes. Partindo desse raciocínio, o motorista é o principal ator na prevenção dos acidentes. Enquanto ele não quiser ajudar, vai ser difícil tornar o trânsito mais seguro para ele”, afirmou.
Sitevip Internet