Olhar Direto

Notícias / Cidades

Empresas de MT venceram mais de 60% das licitações realizadas em 2008

ABr

01 Jan 2009 - 13:48

A política de valorização das empresas mato-grossenses pelo Poder Executivo Estadual no que diz respeito as aquisições feitas pelo Governo do Estado, política esta implantada pela gestão do atual do governo, surtiu resultados positivos.

Números apresentados pela Superintendência de Aquisições Governamentais da Secretaria de Administração (SAD) mostram que mais de 60% das licitações realizadas pelo Estado em 2008 foram vencidas por empresas mato-grossenses.

Das 727 empresas vencedoras em pregões (nas modalidades pregão específico e registro de preço) durante o período de janeiro a novembro de 2008, 456 tem sua sede localizada em Mato Grosso.

Para o secretário de Administração, Geraldo de Vitto Jr, estes números mostram que o governo realmente fomenta a economia local. “A forma como o governo realiza suas licitações, de forma presencial, dá margem para que empresas locais sejam beneficiadas, de forma clara, transparente e justa. Isso faz com que nossa economia seja valorizada e com que o nosso mercado regional também se expanda. Hoje, o Governo do Estado é um cliente confiável, é certeza de recebimento”.

De Vitto explicou também que em alguns casos empresas sediadas em outros Estados levam vantagem sobre as sediadas em Mato Grosso pela proximidade com parques industriais e tecnológicos mais avançados que os nossos. “Em casos de compras de remédios por exemplo ou de componentes tecnológicos para computação, empresas sediadas nas regiões Sul e Sudeste levam vantagem sobre as nossas, pelo simples fato dessas regiões serem mais desenvolvidas que a nossa”, pontuou o superintendente.

O secretário esclareceu ainda que alguns produtos, como os da indústria farmacêutica, não são nem fabricados aqui. “Existem certos produtos que precisamos comprar de fora simplesmente porque não são fabricados aqui”.

O empresário da área de comunicação visual, Jailson Padilha Fernandes, possui atualmente um registro de preço vigorando para emissão de crachás. Para ele, atualmente, como o Governo Blairo Maggi, o recebimento é 100% em dia. “Pode contar. O governo hoje é um dos melhores clientes que nós tempos. Hoje passa a confiança que não passava antes”.

Segundo Jailson, os pagamentos feitos atualmente pelo Governo do Estado pelos serviços realizados por sua empresa representam aproximadamente 70% de seu faturamento. O Governo compra bem e paga bem. Com isso minha empresa cresceu, alavancou muito, pois quem ganha registro de preço é uma garantia de venda, e de recebimento”, concluiu.
Sitevip Internet