Olhar Direto

Sábado, 25 de setembro de 2021

Notícias | Esportes

Tricolor baiano completa 78 anos de vida nesta quinta-feira

Mal o ano se inicia, e a Bahia já está em festa. Ou melhor, o Bahia, clube que comemora neste 1º de janeiro 78 anos de vida. No entanto, o Tricolor passa por um momento delicado. Apesar de ter subido da Terceira para a Segunda Divisão em 2008, o clima entre os torcedores não é dos melhores. A eleição do novo presidente Marcelo Guimarães Filho, por exemplo, é carregada de incertezas quanto ao novo estádio e à formação do elenco para a temporada 2009.

Por outro lado, os torcedores devem celebrar essa data especial de olho no passado de glórias do clube. São 43 títulos estaduais desde a fundação, em 1931. Nos anos de 1948, 1959, 1961 e 1963, o Esquadrão de Aço conquistou o Norte e o Nordeste vencendo os campeonatos destas duas regiões do país. O Nordeste também se rendeu à força do Tricolor da Boa Terra por duas vezes, no bicampeonato do Nordeste (2001 e 2002).

No cenário nacional, o Bahia foi o primeiro campeão da Taça Brasil, em 1959. Diga-se de passagem contra o Santos, de Pelé e Coutinho. Em 1988, o Tricolor levantou o troféu de campeão brasileiro, transformando as ruas de Salvador em um verdadeiro carnaval.

O Bahia ganhou fama país afora por ser o único clube nordestino a disputar a Taça Libertadores da América três vezes (1960, 1962 e 1989). Foi também o primeiro clube brasileiro a representar o país nesta competição intercontinental. De lá para cá, o time angariou aproximadamente 7 milhões de torcedores, sendo o décimo terceiro no ranking nacional.

Expectativa de dias melhores
O início do novo ano e o aniversário do Esquadrão de Aço, nesta quinta-feira, coincidem com um momento de incertezas. Uma nova diretoria assumiu o comando tricolor e o presidente Marcelo Guimarães Filho, de apenas 32 anos, promete renovação, embora seja membro de uma tradicional família que já teve oportunidade de comandar o clube.

O ano de 2009 será especial, já que as duas maiores conquistas do clube (1959 e 1988) completarão aniversário: 50 anos do título da Taça Brasil e 20 anos do Campeonato Brasileiro - uma vez que a final contra o Internacional só foi disputada em 1989.

Novo caldeirão
Neste novo ano, o Bahia deverá ter um novo "caldeirão" para atuar. A expectativa é de que o Estádio de Pituaçu dê ao torcedor força para soltar o grito "Bahêaaaa", que se encontra entalado na garganta.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui
Sitevip Internet