Olhar Direto

Quinta-feira, 05 de agosto de 2021

Notícias | Política MT

Kishi deve realizar contrato temporário para garantir coleta de lixo em Cáceres

O vice-prefeito de Cáceres e secretário de Obras do município, Wilson Kishi (PDT), já definiu quais serão as prioridades na pasta. Em caráter emergencial, a Secretaria deverá realizar um contrato temporário com uma empresa de Curitiba, responsável pela coleta de lixo na cidade, até que seja realizada uma nova licitação. O pedetista informou ao Olhar Direto que o contrato já venceu e a empresa não quer renovar.

Além disso, a preocupação de Kishi é com a drenagem no asfalto de alguns bairros para evitar uma nova enchente como ocorreu no ano anterior. O secretário começou a receber as informações sobre a pasta somente nesta segunda-feira (5), já que o ex-prefeito, Ricardo Henry (PP), se recusou a entregar as chaves da Prefeitura anteriormente.

Outro impasse foi com relação ao trabalho da equipe de transição. Segundo Kishi, o ex-prefeito não permitiu o trabalho da equipe montada pelo prefeito empossado Túlio Fontes (DEM), que reverteu a situação num embate jurídico, conseguindo a cassação de Henry em dois processos.

Com toda essa situação, Túlio ainda não definiu todo o secretariado, apenas seis nomes foram confirmados nesta segunda-feira. São eles: Kishi, na pasta de Obras, Edward França do Amaral na Secretaria de Governo, Marlene Teixeira em Finanças, Luiz Lanbim na Saúde, Silvia Fernandes na Educação e Adilson Domingos dos Reis em Planejamento.

Kishi acredita que todo o staff deverá ser composto até o final de semana.
Sitevip Internet