Olhar Direto

Quarta-feira, 21 de agosto de 2019

Notícias / Política MT

Justiça deve decidir quem será presidente da Câmara de Alta Floresta

Da Redação - HF

02 Jan 2009 - 09:13

A nova legislatura da Câmara Municipal de Alta Floresta começou com impasse por causa da eleição para escolha do novo presidente. Os vereadores Charles Medeiros (PR) e o vereador reeleito Dida Pires (PPS) disputaram a presidência e empataram em 5 a 5. A polêmica está no critério de desempate. Recentemente, a câmara havia feito alteração no regimento interno estabelecendo que, em caso de empate na eleição assume a presidência o vereador que exerceu maior tempo de mandato. Este critério garantiria a presidência para Dida. Antes, em caso de empate assumiria o vereador mais velho.

Mas Charles Medeiros, que presidia a sessão solene por ter sido o mais votado, não proclamou vencedora a chapa do adversário e questionou a legalidade da mudança no regimento e disse que considera válido o critério da idade. Como estava presidindo a sessão, "proclamou" vencedora sua chapa, segundo informou o Só Notícias

Agora, a escolha do novo presidente vai para a briga jurídica. O grupo de Dida Pires prentende acionar o Judiciário nos próximos dias. O vereador, que vai para o terceiro mandato, disse, em discurso, que, se assumir a presidência, fará auditoria detalhada para apurar o " rastro de corrupção" no legislativo.


Sitevip Internet