Olhar Direto

Segunda-feira, 15 de julho de 2019

Notícias / Turismo

Peru foca promoção turística na América Latina

Jornal de Turismo

07 Jan 2009 - 09:27

O Mincetur (Ministério de Comércio Exterior e Turismo do Peru) potencializará, nos próximos meses, a promoção do turismo dentro da América Latina para compensar a diminuição de turistas provenientes dos Estados Unidos e Europa.

“Em nossa última reunião, ocorrida antes do Natal, a ministra Mercedes Aráoz anunciou que neste ano mais recursos seriam direcionados para a promoção do destino Peru nos países da região”, ressaltou o primeiro vice-presidente de Canatur (Câmara Nacional de Turismo), Alvaro Benavides.

O vice-presidente relembrou que há mais de um ano a Promperú (Comissão de Promoção para a Exportação e o Turismo do Peru) está realizando um trabalho de investigação de mercado na América Latina, justamente para atrair um maior número de turistas, em especial de países como Brasil, México, Colômbia e Chile.

“Acreditamos que o trabalho da Promperú deveria ser duplicado ou triplicado, uma vez que são nos países da região onde poderíamos conseguir mais turistas devido à proximidade e menor custo da viagem”, disse Benavides.

Ele também advertiu que no primeiro trimestre de 2009 a chegada de turistas ao Peru seria retraída em, aproximadamente, 30%, ou seja, cerca de 60 mil turistas deixarão de ir ao país como conseqüência da crise econômica internacional.

Há alguns meses já foram registrados múltiplos cancelamentos de reservas para Cusco e - como é o destino ícone do país, - pode-se projetar que as demais localidades turísticas em nível nacional também receberão menos turistas até o mês de março, comentou o representante de Canatur.

Benavides apontou que os cancelamentos vêm especialmente dos Estados Unidos e Europa, que são os maiores emissores de turistas ao Peru, e estas visitas podem contrair-se em 20% ou 25% - isso apesar da redução das tarifas de passagens aéreas, que se deve a queda dos preços do petróleo e a uma menor ocupação nas aeronaves.

Há algumas semanas, o Mincetur e o setor privado vêm formando uma série de comitês especiais que trabalharão sobre a base do Pentur (Plano estratégico Nacional de Turismo) para enfrentar a crise de maneira efetiva. “Trabalhamos em pontos chave como o melhoramento da qualidade turística, segurança e, em especial, infra-estrutura”, afirmou Alvaro Benavides.

Por último, ele disse que este trabalho conta com a participação da CCL (Câmara de Comércio de Lima), pois o objetivo é que a complicada situação econômica mundial não gere pânico no setor nem afugente investidores.

“Trabalharemos também focados nos intermediários do turismo, que são os operadores e as agencias de viagens, porque eles serão, provavelmente, os mais afetados caso a situação se agrave”, concluiu.


Sitevip Internet