Olhar Direto

Terça-feira, 16 de julho de 2019

Notícias / Turismo

Faça uma viagem ao ''fim do mundo''

Terra

02 Jan 2009 - 10:00

"Bem-vindo ao fim do Fim do Mundo". É assim que os habitantes de Ushuaia recebem os turistas que se aventuram nesta pequena cidade, no extremo sul do continente americano. A menos de 800 km da Antártida, o "fim do mundo" tem boa rede hoteleira, restaurantes, lojas de artigos importados tax free e uma população muito, muito orgulhosa.

Espremida entre o final da Cordilheira dos Andes e o oceano, Ushuaia é uma simpática cidade de 45 mil habitantes, que vive basicamente da pesca e do turismo. É também a capital da província de Tierra del Fuego e ponto de embarque para cruzeiros e missões militares e científicas que partem rumo ao continente gelado.

Dotada de boa rede hoteleira, com opções desde albergues a hotéis sofisticados, Ushuaia é o último ponto "civilizado" da Patagônia argentina. Embora se possa seguir mais para o sul, tudo que um viajante pode encontrar em latitudes mais extremas são postos militares isolados. Mas diante das boas opções de passeios e diversão na cidade, o mais provável é que os amantes da natureza se sintam tentados a morar neste paraíso onde montanhas, bosques, neve e mar se encontram numa paisagem única e inesquecível.

História
Os primeiros habitantes desta região inóspita eram caçadores nômades que vieram do norte. Ushuaia está localizada na Isla Grande, uma porção de terra dividida entre Argentina e Chile em 1881 e que, há cerca de 10 mil anos, ainda estava ligada ao continente.

Os colonizadores europeus só chegaram aqui em meados de 1520, com a expedição de Fernão de Magalhães. O nome "Tierra del Fuego" foi dado pelos navegantes espanhóis ao observarem o fogo e fumaça das várias fogueiras espalhadas pelo litoral pelos nativos. Mas a primeira ocupação definitiva se deu em 1869, quando uma missão de pastores anglicanos, liderada, por Thomas Bridges, instalou-se no Canal de Beagle. A cidade foi fundada em 12 de outubro de 1884.

Durante décadas, a cidade era apenas um ponto de captura de elefantes marinhos para produção de óleo. No início do século XX, as autoridades argentinas ergueram na cidade o Presídio de Ushuaia, que ficou conhecido como o "presídio do fim do mundo" e funcionou de 1902 a 1947. O lugar, erguido na maior parte com o trabalho dos próprios detentos, abrigou criminosos perigosos e presos políticos. Atualmente, é um dos principais pontos turísticos da cidade, abrigando o Museo del Fin del Mundo. Entre as curiosidades, o museu exibe uma ala mantida em seu estado original; outra reformada, onde estão expostos documentos, utensílios e estátuas dos prisioneiros mais famosos; outra ala dedicada à aviação naval argentina e às expedições Antárticas; além de uma réplica do famoso "Farol do Fim do Mundo".

Atrações
Canal de Beagle
O canal separa as ilhas do extremo sul do continente daquelas que formam a Terra do Fogo, além de marcar a fronteira entre Chile e Argentina. Ótima opção de passeio, pode-se embarcar em lanchas e catamarãs para explorar as dezenas de ilhas que surgem pelo caminho. Nesses locais, se avistam lobos marinhos, pingüins, cormoranes e outras aves marinhas.

Cerro Castor
Centro de esqui mais austral do planeta e com a maior temporada de neve na América do Sul, encontra-se a 25 km do centro da cidade. Com 19 pistas, teleférico e um centro de vivência com restaurantes, é uma ótima opção de lazer.

Glaciar Martial
Localizado a 7 km da cidade, é a fonte de água potável mais importante de Ushuaia. Durante os meses de inverno, no monte que recebe o mesmo nome, funciona um centro de esqui. Do teleférico, tem-se vista para o Glaciar Martial, o centro de Ushuaia, o Canal de Beagle e a Ilha Navarino, no Chile.

Lago Escondido
Localizado a 60 Km de Ushuaia, encravado na cordilheira, ao pé do Paso Garibaldi, oferece uma paisagem impressionante. Para se chegar, são percorridos 36 km de estrada de rípio, uma aventura para motoristas experientes. Embora seja fácil alugar um carro na cidade, durante o inverno é recomendável fazer o trajeto em vans dirigidas por guias locais. Na região do lago, pode-se fazer caminhadas pelas montanhas e pescar.

Lago Fagnano
Localizado a 100 km ao norte de Ushuaia, é dividido entre a Argentina e o Chile e reconhecido mundialmente pela pesca de trutas e salmão. Era chamado de "descanso do horizonte" pelos nativos, porque a linha imaginária do horizonte onde está a cordilheira dos Andes é interrompida pela linha formada pela superfície do lago.

Mergulho em Ushuaia
As águas da região são cristalinas e ótimas para o mergulho, mas a melhor época para o esporte é entre os meses de dezembro a março , já que os dias longos e de sol forte permitem uma visibilidade que pode ultrapassar os 15 metros. O desafio fica por conta da temperatura da água, que varia de 0 a 4°C.

Museu do Fim do Mundo
Dividido em alas dedicadas à preservação da história dos povos indígenas, dos colonizadores, da natureza, dos naufrágios na região, da história do presídio (que era o mais temido da Argentina) e da aviação naval argentina.

Parque Nacional da Terra do Fogo
Com mais de 63 mil hectares, faz divisa com o território chileno e o acesso oficial fica a 11 km do centro de Ushuaia. Pelas trilhas é possível acompanhar o canal de Beagle, explorando magníficas praias desertas, onde floresta, montanha, picos nevados e o mar se unem em uma paisagem inesquecível. É possível realizar trekkings e passeios de caiaque pelo rio Lapataia, além de admirar a fauna composta principalmente por guanacos, raposas, castores e coelhos.

Trem do Fim do Mundo
A linha férrea mais austral do planeta foi construída pelos próprios detentos do presídio e era usada para transportá-los até os campos de trabalho. Esquecida por muitos anos, a linha foi reativada com fins turísticos. As composições, puxadas por uma locomotiva a vapor, partem da "Estação do Fim do Mundo", a cerca de 8 km do centro da cidade. No trajeto até o Parque Nacional da Terra do Fogo, os turistas podem se encantar com as florestas antigas, rios, picos nevados e o canal de Beagle.

Vale Tierra Mayor
Localizado a 22 km de Ushuaia, é o centro de esqui mais completo da região. Instrutores ajudam os iniciantes, enquanto os mais experientes podem se deliciar com as longas pistas. Centros de inverno como o "Llanos del Castor" oferecem ainda passeios de trenó puxados por cães (dog sled) ou em snowmobiles.


Sitevip Internet