Olhar Direto

Quarta-feira, 24 de julho de 2019

Notícias / Carros & Motos

Governo prorroga redução do IPI

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, prorrogou nesta segunda-feira (30) a redução do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) por mais três meses, mas exigiu, como contrapartida das fabricantes instaladas no país, a manutenção das vagas de trabalho. A medida lançada em dezembro do ano passado

Carro Online

31 Mar 2009 - 14:40

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, prorrogou nesta segunda-feira (30) a redução do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) por mais três meses, mas exigiu, como contrapartida das fabricantes instaladas no país, a manutenção das vagas de trabalho. A medida lançada em dezembro do ano passado serviu para manter o ritmo das vendas de automóveis e caminhões no Brasil, que sofreram grave baixa nos primeiros meses da crise. O novo plano também zera a taxa de Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins) para motocicletas.

A prorrogação do acordo também prevê a manutenção de empregos por parte das fabricantes de automóveis instaladas no Brasil, que respondem hoje por 23% no Produto Interno Bruto (PIB) do país. Em contrapartida, para compensar o rombo fiscal de R$ 1,5 bilhão, o governo aumentou em 30% o IPI para produtores de cigarros.

Dessa forma, carros com motores 1.0 seguem com IPI zerado. Veículos com propulsores de 1.0 a 2.0 têm alíquota de 5,5% para modelos álcool ou flex e 6,5% para versões movidas apenas com gasolina. Acima dos 2.0, o tributo fica em 18% para carros com propulsores alimentados pelo combustível vegetal ou bicombustíveis e 25% para automóveis a gasolina.
Sitevip Internet