Olhar Direto

Terça-feira, 18 de fevereiro de 2020

Notícias / Universo Jurídico

Comarca de Juscimeira realiza atividades em escolas

Da Redação/Com Assessoria

01 Abr 2009 - 17:59

Cerca de 1.168 alunos do ensino fundamental, ensino médio e do programa de Educação de Jovens e Adultos (EJA) de Juscimeira, município distante 160 km de Cuiabá, passaram a compreender melhor o funcionamento do Poder Judiciário de Mato Grosso. Eles receberam cartilhas explicativas, que abordam também a diferença de atuação dos três Poderes constituídos no Brasil. Os estudantes puderam estudar os assuntos e tirar dúvidas pessoalmente com o juiz da comarca, Michell Lotfi Rocha da Silva.

O magistrado, que conduziu a ação de aproximação junto à comunidade local, entrou em contato com antecedência com as escolas estaduais e enviou exemplares das Cartilhas da Justiça desenvolvidas em forma de gibi pela Associação dos Magistrados do Brasil (AMB). Os alunos estudaram o material e, junto com funcionários do Fórum, interpretaram os personagens da cartilha em apresentações realizadas nas próprias escolas com a presença do magistrado, nos últimos dias cinco, seis e 12 de março.

O gibi colorido, com personagens populares, traz explicações sobre a relação e funções dos Poderes Judiciário, Executivo e Legislativo no Brasil; trata também dos direitos e deveres dos cidadãos e orientações gerais. Ana Paula Fernanda da Silva é aluna da sexta série da Escola Estadual Antônio José de Lima e afirmou que agora sabe “quais são as funções do juiz de direito, a quem recorrer em caso de problemas e também como evitá-los. Tudo o que aprendi aqui já falei para meus pais em casa. Eles também gostaram”.

A diretora da escola, Sônia Pinheiro, afirmou que a relação dos alunos mudou e que percebeu que a partir dessa atitude passaram a ter mais consciência dos direitos e deveres do cidadão. “A vinda do juiz ajudou a diminuir a distância entre a justiça e a população menos favorecida. O interesse foi tão grande que tivemos que colocar os alunos no pátio da escola. E muitos professores continuam utilizando o conteúdo divulgado durante as aulas”. Alunos das escolas Campos Sales e João Mateus Barbosa também foram visitados.

O gestor geral do Fórum da Comarca de Jucimeira, Paulo Pessoa, é serventuário do Poder Judiciário há mais de 10 anos e participou das atividades nas escolas. Ele afirmou que sentiu orgulho de ser funcionário da Justiça ao ver os resultados dessa atuação. “Por onde ando, as pessoas param e continuam querendo tirar dúvidas sobre a atuação da Justiça. Quem vai ao Fórum, agora nos chama pelo nome. Isso ajuda a tirar o receio que muitas pessoas tinham com relação aos trâmites”, ressaltou.

Ao final da apresentação, o juiz Michel Lotfi abriu espaço para questionamentos e os estudantes aproveitavam para tirar dúvidas acerca de situações corriqueiras ocorridas na cidade, sobre as funções dos juízes, questões salariais e outros. Alguns inclusive demonstraram interesse na carreira da magistratura. “O principal objetivo foi alcançado. Divulgar as funções e formas de se exigir os direitos e deveres, melhorando o convívio em sociedade. Os resultados desta ação devem aparecer a curto e médio prazo: pessoas mais seguras e, principalmente, bons cidadãos“, finalizou o magistrado.
Sitevip Internet